Posted by cavalodetroia.blogspot.com Categories: Marcadores: , , , ,

Vasculhando no mundo cibernético, encontrei este caderno perdido. Não cheguei de ler ele ainda. Vou passar para frente a informação, quem sabe alguém leia compartilhe mais a ideia do livro.
Por Mikhail, texto baseado em conteudos da internet.

Mitológico, histórico, verdadeiramente incrível, o templo do róque catarinense, na segunda metade da década de 1990 e início desta década, a verdadeira cena róque underground catarinense passava por alguns locais. Tinha o Curupira em Guaramirim e tinha o Underground Rock Bar na capital. O Curupira morreu e retornou das cinzas há dois anos. O Underground ou Bar do Franck não. Morreu de vez, porém sua história marcou e ficou para sempre na mente das pessoas. Eu me incluo nisto.

Pensando assim, uma pessoa teve a sensibilidade de vir à público e contar a história do underground catarinense através do Underground Rock Bar. O livro ROCK UNDERGROUND: uma etnografia do rock alternativo – Editora Radical Livros – escrito por Pablo Ornelas Rosa – mostra um ensaio de como funciona a chamada “cena alternativa” do rock no Brasil.  Usando como pano de fundo o Underground Rock Bar, de Floripa, o autor faz uma análise precisa do comportamento de músicos, fãs e demais personagens.



Neste instigante ensaio, Pablo Ornelas Rosa nos mostra como funciona a chamada “cena alternativa” do rock no Brasil. Tomando como estudo de caso o funcionamento de um bar dedicado a shows de rock underground em Florianópolis — local que acabaria fechado por conta da truculência policial —, o autor faz uma análise precisa do comportamento de músicos, fãs e demais personagens que interagem no microcosmo da cena musical alternativa em nosso país.

O local e a cidade específicas aqui analisadas servem como retrato, na verdade, do mesmo tipo de lógica econômica e social que atravessa a cena alternativa brasileira em qualquer grande centro urbano e até mesmo em cidades do interior do país.

Músico participante da cena e sociólogo com atuação em projetos relacionados à juventude, Pablo Rosa consegue uma percepção do movimento ao mesmo tempo rigorosa e viva, como interessado direto no tema. Com isso, o que temos é um belo livro que, sem perder o rigor conceitual, é uma leitura extremamente agradável.

Como diz Luiz Eduardo Soares, no prefácio que apresenta este trabalho: “Os roqueiros vão curtir, os mais velhos vão recordar, os menos sintonizados com esse mundo vão ter a oportunidade de visitá-lo e os intrigados com as asperezas dos jovens, nossos novos bárbaros, vão descobrir espelhos surpreendentes, para examinar a própria intolerância.”

ONDE COMPRAR: RADICAL LIVROS 
PREÇO: R$ 27,00 (em média)

Tel.: (11) 3477 0280 | Fax: (11) 3668 2060
radical@radicallivros.com.br
www.radicallivros.com.br

3 Comentario para Rock Underground: uma etnografia do rock alternativo

8 de maio de 2010 08:27

Curupira é massa pacaraio!!!!!!

já fui em altas lá. Rola num sitiozinho, em Guaramirim. Bom é que tem um matinho por lá, pra gente fazer o que quiser.

Uma vez, lá por 99, eu vi um show d'OS LEGAIS, que puseram o lugar abaixo!

8 de maio de 2010 10:57

Pois é, muito interessante essa idéia de fazer uma "etonografia" do rock, a partir de uma casa de show, onde é analisado todo perfil da dita 'cena alternativa'. Valeu pela dica Mikha!

Anônimo
9 de junho de 2012 19:01

ele ja foi professor no meu cólegio,no entanto naum tive aulas com ele . todos fala q ele era um cara mto legal,o único prof realmente tatuado que meu cole ja tve.rsrsrs

Materias

Comentarios

Sponsors