Posted by Bruno Rodrigues Categories: Marcadores: , ,
Tiasques_2° VMF_11 de Abril.


O 2° VMF 2010 começou na verdade sexta feira, dois dias antes incluindo revisão de equipamentos, prêmios, acertos, horários, equipe, parceiros e etc, no sábado já saberíamos com tudo aconteceria em mais essa investida de um projeto de médio/longo prazo. No domingo começamos a por em pratica tudo que havíamos definido e saímos logo as 09h da manha pra não sermos pegos de surpresa com pequenos detalhes com uma extensão de energia que falta por exemplo ou um alicate, chave de fenda, algo assim.....

Pegamos as 10h e pouco 2 de nossos amplificadores que haviam sido locados pro evento metal no Cavernas na noite de sábado (Vulcano) dali partimos atrás de um vodka Smirnoff ou Orlloff pro Drailler do Zagaia (liquidos do oficio!), almoçamos nem lembro bem o que, Edda e eu na correria, la por 13h 30 saimos de casa em direção a Chorus Musica e Tecnologia no Boa para pegarmos a bateria PEARL com 2 TONS (h6h6h6) e tapete (ufa!).....

Voltamos pro palco SENALBA/VNL já pra ficar por lá e quando chegamos o combatente Enzo já nos esperava, sendo que metade do equipamento já estava quase no jeito logo depois outro combatente Fernandão chegou e terminamos de acertar os ultimo detalhes, Obvio que esquecemos algo!! Mais um combatente chegou bem na hora, Danniel ET (baixo/Kallima) deu um help, saímos e buscamos uma mesinha pra usar no bar! (lembrando que as bebidas já estavam no freezer desde sábado à noite! Trincando o crânio com diz o Cachorrão!). Nei já dava sinal dizendo que estava a caminho com o Creeps RNR, Sassu já estava com sua equipe de segurança em seus posotos, bebidas geladas, Olivia e George no bar comandando, Edda na portaria, Enzo, Fernandão e eu no corre do palco e às 16h o som hardcore/crossover/rock/..metal/thrash/punk” (Die indie! DIE!!!) já rolava no local e as 16h e ..40 a.. primeira banda “Acrilic” subia ao palco pra acertar afinações, posições e etc, afinal Underground não é bagunça e as 17h 15 (15 min de tolerância com presença de amigos e Pais) a banda começou, mandado inclusive Raimundos, banda que é muito nova e ainda busca tirar covers, diga se de passagem “nacionais” pra criar entrosamento e depois seguir os passos das musicas próprias, show básico, sincero e direto, com direito a aplausos! Vejo que gostaram de estar no palco e sinto ainda mais que apenas um show e sim “possibilidades reais”. Damn!! Continuem!!!....

A segunda foi a Heron e que surpresa! E de vários ali que já haviam ouvido a banda mas não num som bacana, tudo veio, segundo que já havia visto e pra minha surpresa um super show, todo mundo na mesma vibe, ensaiado, guitarras nervosas e um batera que lembra o jeito de agitar do Iggo (Aoxin, que diga se de passagem agitar como ele e tocar ao mesmo tempo é poucos na cena!). Heron vem pra ficar mesmo!....

Logo em seguida uma outra grande surpresa, Mopsy com guitarras melancólicas e vocal viajante, power trio muito bom mesmo! Recomendo! Com lances que lembram todo clima depressivo do Dashboard Confessional mas com guitarras mais brazucas, obvio nítidas influencias dos mestres do estilo punk rock Offspring, Bad Religion, Ramones e também do atual Green Day e obvio de muitas bandas atuais que bebem da mesma fonte! Recomendo! ....

Mopsy_2 VMF_11 de Abril


Na “quencia” a Lothus fez algo que esperavamos, show redondo, direto, nervoso, coeso, tudo muito bem ensaiado, um domingo perfeito demais, e foi! Varios bateras experientes por ali vendo o baterista da Lothus e sua configuração de tambores total “led”, Didi (Gorempire), Simples (Zagaia) e muita gente ali observando como a banda fazia tudo bem feitinh, vocal mais solto e confiante e ponto pro VMF! Já eram quase 19h e pouco quando Tiasques trouxe uma grande surpresa pra mim e pra muitos, Maykonn na guitarra e sozinho! Não desmerecendo formações anteriores, mas sempre percebi que a banda pedia apenas um guitarrista, por diversas razões que agora não cabe que demandaria muito texto, enfim, que aquisição da banda!!! Tudo ficou clean, drives e efeitos nas horas certas, bateria com influencias Rush e DT, baixo casado com o batera, teclado cumprindo a função de um segunda guitarra mas em momentos certos e tudo rolou muitíssimo bem, feliz de quem viu a nova formação, parabéns pelo show! Pra encerrar o clima ficou tenso, galera já esperava o caos por parte do ZAGAIA que definitivamente fez um show antológico com uma formação matadora, Simples na batera, Jean Bass, Wendell/vocal e o maestro da infâmia absoluta Mr. Drailler!Pra quem vos escreve é facil dizer que é sempre f*da cantar junto “...no limiar do caosss” uma de minhas musicas preferidas (inclusive propus fazer uma versão VNL, quem sabe?)... e ainda “voa no mim federal!!!” diversos clássicos do crossover maldito nascido das Cinzas do Apocalipse! Incrível a guitarra fervendo o head em metrancas da amaldiçoada mão direita do Abutre! Memorável!....

FONTE: BLOG VENIAL

7 Comentario para FÁBIO BORETTI (Venial) resenha o 2° VMF!!!

Anônimo
15 de abril de 2010 14:14

o povo paga pau esse da oct,cade a honra de vcs,esse cara ai que zuava o trampo de vcs agora o cubo meteu o pé na bunda dele e tudo bem agora é nosso amigo,esse é o inicio do fim da oct.

15 de abril de 2010 15:54

Início do fim da OCT? Paga pau? Esclareça melhor aí suas afirmações, meu caro. A OCT nunca dependeu de ninguém pra existir, manter seu blog e fazer seus eventos...E como nunca ninguém pagou nossas contas além de nós mesmos, não espere que a OCT compre briga de terceiros...

Estamos firmes e concentrados em NOSSOS projetos, e disso não desviaremos nossas atenções.

Dá até graça de ver essas tretinhas por território... Só em Cuiabá mesmo.rs Nem vou dormir depois dessa...hehehe

15 de abril de 2010 16:19

É foda! O público que freqüenta os blogs devem estar de saco cheio dessas quizilas infantis. Cuiabá deve ser o único lugar do mundo onde quem organiza evento é mais importante que as atrações!

Por falar nisso as bandas que tocaram nesse VMF, principalmente as três últimas, arrebentaram! Parabéns a Tiasques com a nova formação!
"Início do fim da OCT? Paga pau?"

Acho que o anônimo nem conhece o que vem a ser a OCT!
O núcleo da OCT é Aroera e pronto!

Anônimo
17 de abril de 2010 08:27

Mas que o Fábio falava mal pa caraio da oct isso sim... Ja falou pra mim altas vezes. Isso vcs não podem negar.

verdade nua & crua
17 de abril de 2010 13:45

Basta ler as experiências de quem conheceu de perto esse falso,mentiroso e oportunista!
Leiam ai um trecho do post do meu palco:


"Fabio foi expulso do Sindicato por ter sido "descoberto" e td que há de mais sujo nessa cena ele é o responsável.
Quem o conhece um pouco sequer já irá perceber o quanto é falso, não preciso ir muito longe. O que ele falava do (BRUNO RODRIGUES-TIASQUES), que o cara era burro, não sabia gerir a oct,não entendia nada de música, mercado e etc.
Agora ele chama o TIASQUES pra tocar e diz maravilhas a banda.
Fabio é falso e perigoso muito mais do vcs imaginam".

Mr. MUSE
18 de abril de 2010 10:06

tb concordo com o coment ai de cima, todo mundo conhece esse mané falso que desde o tempo do nitro rock ele já aprontava. E agora que foi expulso por ter feito um monte de merda por lá agora quer ser parceiro da OCT. Ele deve ter feito muitaaaa coisa pesada pq nunca vi tanto ódio do pessoal que ele fazia parte, tudo que ele posta sempre dá polêmica e mais de 40 posts detonando o mentirosão.
na boa mano, não queria esse cara como parceiro da gente.
Brunão curto demais vc mais esse ai não dá pra aguentar não.
abs

força sempre!
oct

Anônimo
18 de abril de 2010 12:31

cara na moral,ai fode a parada fiquei ate desanimado ao saber dessa parceria.sou mais o cubo que o fabio.

Materias

Comentarios

Sponsors