Posted by Bruno Rodrigues Categories: Marcadores: ,


Shows com as bandas Evil Church, Diorese e Burning In Hate, a partir das 18:00 (segundo os produtores do evento, pelo fato de sexta ser dia útil, ou seja, do trampo para o Cavernas!). A entrada ficará ao valor de R$ 7,00.

Pra quem não conhece as bandas, abaixo um trecho de uma entrevista concedida pela banda Burning In Hate, ao site Metal Law (de Recife):

"Recife Metal Law – Descreva o Burning In Hate em poucas palavras, Erik. Sua ideologia e o porquê do nome para a banda.

Erik – Bom, em primeiro lugar eu queria agradecer a você, Wender, pela oportunidade! Cara, o Burning In Hate é um instrumento para tentar fortalecer a cena, com sons ‘oitentistas’, como deve ser o verdadeiro Metal. O Burning In Hate é nossa vida! Eu lembro que desde moleque eu falava pro Gil que a gente iria montar uma banda de Thrash 80’s, aí a gente conheceu o July, e agora estamos aí. (risos) O motivo do nome Burning In Hate (‘Queimando em Ódio’) é aquele negócio, brother: muitas guerras, muita destruição e carnificinas. Não dá pra ficar feliz no mundo em que vivemos hoje.



Recife Metal Law – Qual foi o motivo, para a banda blasfemar na língua pátria e não em inglês, já que o Burning In Hate tem fortes influências de Kreator, Destruction e Sodom? Vocês pensam um dia em compor e tocar algo em inglês?

Erik – Então, a gente quis fazer tipo uma mistura, saca? Além de nossas influências ‘gringas’ curtimos muito o Thrash Metal nacional; bandas como Anthares, Taurus, Korzus (‘old’) Sepultura (‘old’). Então nós fizemos essa mistura do bom e verdadeiro Thrash ‘gringo’, com o nosso fudido Thrash Metal nacional, e por enquanto vamos blasfemar somente em português e, no futuro, quem sabe?

Recife Metal Law – Qual foi a sensação (experiência) que vocês tiveram ao abrir o show do grande Headhunter D.C. em Cuiabá/MT e de viajarem pro interior do Mato Grosso e se apresentarem ao lado do Ophiolatry?

Erik – Sabe aquela banda que você escuta desde moleque? É o Headhunter D.C.! Nós do Burning In Hate escutamos eles faz tempo, então imagina a nossa satisfação de tocar com uma das bandas mais fudidas do cenário nacional? Foi foda! Foi brutal demais! E o Ophiolatry é uma banda desgraçada! Os caras botam pra fuder, além de serem uns caras simples, sem aquela pose de mal, que muitos acham que isso é ser Headbanger. Então foi uma experiência inesquecível para o Burning In Hate.

Gil – Putz, muito bom cara! A experiência de tocar com os caras do Headhunter D.C., umas das bandas que eu mais gosto, foi incrível! E tocar com os caras do Ophiolatry também. Uma das melhores bandas do cenário Metal mundial. Eu já tinha os visto tocarem antes aqui em Cuiabá, no Blecaute, e quem diria que anos depois eu iria dividir palco com esses dois monstros do Metal. "

ENTREVISTA NA ÍNTEGRA: RECIFE METAL LAW (clique no link).

1 Comentario para DIA 14/05 (SEXTA) NO CAVERNAS BAR: EVIL CHURCH + DIORESE + BURNING IN HATE.

8 de maio de 2010 08:29

O Bode Rei é uma das bandas pauleira mais massa de Cuiabá!

Materias

Comentarios

Sponsors