Previous Next
  • MAPA DO OPERAÇÃO CAVALO DE TRÓIA:

    O Operação Cavalo de Tróia" é dono de um imenso acervo relacionado ao rock, onde são encontradas matérias relacionadas a artístas, documentários, filmes e obras literárias. Além disso, o internauta poderá acompanhar a agenda de eventos culturais que acontecem em âmbito regional (Mato-Grosso), como em âmbito nacional. Para ficar por dentro do acervo e programação, acesse a "barra de pesquisa", ou clique nos respectivos marcadores

  • Tiasques

    Ufos, barricadas, anarquia, a mente humana e seus mistérios. Eis um resumo do que vem a ser o Tiasques, banda formada em maio de 2006 em Cuiabá-MT, e que de lá pra cá vem ganhando novos fãs e trilhando seu caminho com canções autorais. Saiba mais sobre a banda no www.myspace.com/tiasques

  • Base Oculta

    Banda cuiabana formada por Tenio e Dinho Moura, Augusto, Caio B. e Jósa Souza, cuja origem data de Agosto de 2003, adepta da vertente Pop Rock. Em dezembro de 2010 lançou o CD "Vamos Nessa", que pode ser conferido no www.myspace.com/baseoculta

  • Cavernas Bar

    Cavernas Bar se trata da casa mais famosa e prestigiada na cena rock/metal cuiabana. Em torno de uma década consagra a noite cuiabana com programações semanais, onde se revezam no palco bandas locais, nacionais e até de outros países. Está localizada no Centro de Cuiabá (MT), na Av. Barão de Melgaço, em frente ao Restaurante Popular..

Posted by Maximiliano Merege Categories: Marcadores: , , ,


Enfrentamos agora uma pandemia calcada no medo, que assola o mundo inteiro e que tem suas dimensões incrivelmente distorcidas por conta de um sistema que de um jeito ou de outro precisa funcionar, mesmo que em cima da desgraça alheia.

Em 1980, um escritor paulista radicado em Curitiba radicalizou quando, simultaneamente, soube recontar uma situação ocorrida havia mais de seis décadas e também ao prever com precisão milimétrica algo que haveria de acontecer quase 30 anos mais tarde à publicação de seu livro.

"O mez da grippe" é um compêndio de fatos e imagens relacionados aos meses de outubro e novembro de de 1918, época da Primeira Guerra Mundial e da disceminação da gripe espanhola.

O livro em si consiste em um mosaico de colagens - artigos, receitas de bolo, obtuários, cartões postais, notas, anúncios, comunicados oficiais etc - feitas a partir de jornais curitibanos, da época, mais uma gama depoimentos e citações e até poemas e poemetos.

Tal qual a realidade virtual, a obra é capaz de transportar o leitor para 1918, já que mesmo o livro sendo concebido para que sua leitura trancorra tal qual a de um jornal, o leitor pode escolher a ordem em que quer desfrutar da obra, sem que isso interfira no andamento da leitura ou apague a empolgação de se explorar um período que é, ao mesmo tempo, tão longe e tão perto.

Fofocar sobre a sociedade, contar fatos sobre a Guerra na Europa, esculhambar alemães e relatar as mortes, consistem apenas em uma das constantes da época, e que a imprensa, no cumprimento de seu nobre dever, não deixava de então relatar, transparecendo no edcorrer de todo o livro.

Entretanto, o mais contundente de tudo é que o livro em si, apesar de já ter uns trinta anos e de contar coisas de noventa anos atrás, consegue ser absurdamente atual, pois tudo o que ali lê-se sobre o estado de alerta de uma população, faz-se absolutamente fidedigno ao que vivemos hoje. Pouquíssimos livros conseguem se manter tão atuais como este!

Valêncio Xavier Niculitcheff nasceu em São Paulo, em 1933, mas radicou-se de fato em Curitiba. Sua maior característica é destrinchar os signos e fazer o que bem entender com eles, principalmente ao casar imagem e texto. Escreveu para inúmeras publicações e tornou-se também figurinha pra lá de carimbada nos cadernos de cultura dos maiores jornais do Brasil. Cineasta de renome, foi um dos pais da Cinemateca de Curitiba. Constantemente citado por Décio Pignatari, VX é tema recorrente em teses acadêmicas (principalmente de semiótica). Foi colaborador da Folha de São Paulo, da Gazeta do Povo (PR), da Revista da USP e muitos outros tantos veículos. Muito do que saiu em livros, é fruto de tais colaborações. Morreu em dezembro de 2008, na companhia de amigos e familiares.

VX entre os cineatas Pedro Merege e Beto Carminatti



Obras indispensáveis...


O mez da grippe & Outros Livros (Companhia das Letras, 1998)
Reunião da supracitada obra com mais quatro livros em um único volume: Maciste no inferno, O minotauro, O mistério da prostituta japonesa & Mimi-Nashi-Oishi e 13 mistérios + O mistério da porta aberta. A partir deste livro nasceram os filmes "O mistério da japonesa" (2005) e "Mysterio" (2008), pelas mãos dos cineastas Pedro Merege e Beto Carminatti, e a peça teatral "o mez da grippe", pela Pausa Companhia.


Minha mãe morrendo e o menino mentido (Companhia das Letras, 2001)
Reunião de duas obras em um único tomo, mantendo VX em sua posição de "arauto da surpresa", como diria o escritor José Castello.



Remembranças Da Menina De Rua Morta Nua (Companhia das Letras, 2005)
E eis que o Frankenstein de Curitiba ataca novamente! Não obstante, temas como a morte e o humor bizarro fazem-se presentes também nesta coletânea, a começar por uma curiosa "homenagem" ao finado telejornal "Aqui-Agora".



Crimes à moda antiga (Publifolha, 2003)
Contos que relatam crimes bizarros clássicos que ocorreram durante as três primeiras décadas do século XX, originalmente publicados na revista curitibana "Atenção", no final dos anos setenta.
Posted by Bruno Rodrigues Categories: Marcadores: ,



Reunião de ensaios apresentados em Congressos e publicados em revistas científicas especializadas, cujo tema gira em torno da literatura e imprensa – brasileira e mato-grossense, do século XIX e XX.

Yasmin Jamil Nadaf é cuiabana, doutora em Literaturas de Língua Portuguesa pela Universidade Estadual Paulista (Unesp), com pós-doutorado em Literatura Comparada pela Universidade Federal do Rio de Janeiro (UFRJ).

Tem publicado ensaios de literatura em revistas especializadas e jornais do todo o país. Faz parte da Academia Mato-Grossense de Letras e da Academia de Letras, Cultura e Artes do Centro-Oeste. Integra a Associação Nacional de Pós-graduação e Pesquisa em Letras e Linguística (Anpoll) e a Associação Brasileira de Literatura Comparada (Abralic). É sócia correspondente do Instituto Histórico e Geográfico de Goiás, da Academia Literária Feminina do Rio Grande do Sul e pertence à União Brasileira de Escritores (UBE-RJ).

LANÇAMENTO: 02/10 - 18h - Salão Social (Sesc Arsenal) - Entrada Franca

* Este é um evento de caráter beneficente aos Portadores de Espinha Bífida. A aquisição do livro será realizada mediante permuta com um (01) pacote de fralda M ou G, que poderá ser adquirido também no local.

* ENDEREÇO: Rua 13 de junho, s/nº - 78.020-001 - Centro Sul – Cuiabá-MT
Posted by Bruno Rodrigues Categories: Marcadores: ,



1 – Se o termômetro marcar 25 graus aproveite para estrear a jaqueta nova. Pode ser a única oportunidade do ano.
2- O aeroporto internacional de Cuiabá não existe. A gente usa do vizinho.
3- Se o relógio estiver marcando 18:20 e você estiver na Av. Isaac Povoas, você está com raiva.
4- Se o relógio estiver marcando 18:20, você estiver na Av. Isaac Povoas e seu carro não tiver ar condicionado, você provavelmente se enforcou com o cinto.
5- Se você ainda não bateu em um dos cruzamentos do bairro Boa Esperança, renove seu seguro, você vai bater.
6- A cidade possui 3 Shoppings, em um deles você vai ao cinema, no outro fazer compras e no terceiro só para almoçar.
7- Segundo indícios, o baguncinha começou aqui. E é verdade, ele valia só 1 real.
8- Chapada dos Guimarães já foi mar.
9- O filme "Inferno de Dante" foi baseado em nossa política.
10- Mas vale um pequi ruído que dois no pé.
11- Se um dos times grandes vier jogar em nosso estádio, aproveite, essa pode ser a única oportunidade da década.
12- Nunca dirija pela estrada de Jangada (ficou estranha essa frase).
13- Festival de inverno é propaganda enganosa.
14- Existem pessoas que comem a cabeça do boi.
15- O Sesc Arsenal fecha muito cedo.
16- Para algumas pessoas a história de Cuiabá se divide em antes e depois da chegada do McDonald's.
17- Shopping 3 Américas era uma galeria, cresceu e agora todo mês é interditado.
18- Exposição agropecuária é mais importante que o Rock in Rio
19- ITA Center Park mata mais que a guerra no Iraque;
21- Se for ao Parque Cuiabá faça uma revisão no carro, encha o tanque e boa viagem.
22- Pacu, pirarucu e baiacu não tem nada a ver com Cuscus.
23- Pelo amor de Deus, jacaré na rua é coisa de paulista desinformado.
24- Escaldado de madrugada é a melhor maneira de curar ressaca.
25- No final do arco-íris existe uma vaga na praça popular.
26- O posto Gil é uma lenda
27- Se chover fique em casa
28- O nosso bairro Leblon deve ter mais concentração de drogas que o Rio de Janeiro inteiro.
29- A Ponte Nova é velha.
30- A invenção do ar condicionado é tão importante quanto a invenção da escrita.

FONTE: COMUNIDADE CUIABÁ ROCK
Posted by Bruno Rodrigues Categories: Marcadores:



Pra quem tá de bobeira na sexta-feira, Cavernas Bar é uma boa pedida! O que está programado: Bandas + Jam session + videos + Entrada free!!!

* Cavernas Bar está localizado na Av. Barão de Melgaço, Centro, ao lado do Restaurante Serra.
Posted by Bruno Rodrigues Categories: Marcadores: , , , ,

Tiasques_Aniversário de 3 anos.

3 anos do Tiasques e 2 do Branco ou Tinto. Total: 5 anos de história no rock cuiabano! Foi uma noite incrível, em termos técnicos, amadurecimento das bandas e originalidade.

Particularmente, para o Tiasques foi um dos melhores shows que já fizemos, isso porque havia um público, apesar de não tão numeroso como esperávamos, extremamente atento aos arranjos, letras, porque o som estava tão equalizado que dava para se ouvir perfeitamente dentro do Clube Feminino (coisa rara, tendo em vista os vários eventos que já participamos por lá ...) e a banda finalmente encontrou o fio da meada, que não encontrava desde a saída do primeiro guitarrista solo. Dizemos isso porque com a entrada de Maykonn Sauder no seguinte posto, a banda voltou a compor, voltou ao ritmo de criação.

Cds à venda.

O show do Tiasques de celebração de sua história foi de aproximadamente 40 minutos, marcado pela participação do público nas palmas, pela desenvoltura em palco de todos os integrantes e por canções como “Cavaleiro de papel”, que a banda não tocava desde 2007, pela participação de Welliton Moraes na canção "Distantes Sentinelas". e “Barricadas”, a nova canção da banda, que muito em breve poderá ser ouvida no novo material gravado.

Além da nova introdução do show do Tiasques, ala Dream Theater, a banda inseriu com Bruno o uso da Flauta Transversal, timidamente nesse início, mas para os próximos shows a banda pretende desenvolver esse "lado".

Branco ou Tinto, a outra banda aniversariante da noite, simplesmente fez um show destruidor!!! Welliton transbordava energia, Tubarão afundava a bateria e Thiago no baixo acompanhava-o. Mandaram um show com tanta qualidade, que esses 2 anos de história da banda, pareciam valer por no mínimo 10 anos de estrada, pelo entrosamento e maturidade das canções.

Os Viralata_Aniver do Tiasques & Branco ou Tinto.

As bandas convidadas também não deixaram a desejar, como Os Viralata, banda composta por parte da galera da lendária banda cuiabana Kashimir, por Danilo Bareiro na guitarra e Rubão na bateria. Fizeram até uma homenagem à OCT! Fuzzly também detonou, psicodelia em alto nível, na guitarra de Dark, na pegada violenta do baterista Rafael e nos gritos ensandecidos de Michael Fabrício, que segurava o baixo.

Fuzzly_Aniver do Tiasques & Branco ou Tinto

A terceira banda convidada, Pé-Rachado e os Porras Lokas, fechou a noite com chave de ouro. Realmente foi a grande revelação do rock cuiabano dessa nova geração. Os caras se superam a cada show. Marcelo é o carisma em pessoa e Junior Conan a cada dia está mais violento na bateria.

Enfim, agradecemos a todos que compareceram, pois esses são aqueles que verdadeiramente nos incentivam a continuar!



FONTE: TIASQUES BLOGSPOT

Posted by Bruno Rodrigues Categories: Marcadores: ,


"Chegamos no Lua do Cavalo II no meio do show da banda Antiguidade Moderna, levando uma galerinha da Vila para curtirem o evento. Quando chegamos já dava para ver o movimento e o som da Antiguidade Moderna. Logo em seguida, já ambientados e contagiados pela festa, curtimos a Tiasques, com um show redondo e cheio de energia de uma das melhores bandas da cena de Cuiabá. A banda Hilayama mandou um rock nacional muito foda logo em seguida para uma galera muito animada. Depois veio a Branco ou Tinto que, na minha opinião, junto com a Tiasques e Pé Rachado, são umas das melhores bandas da cena Cuiabana. É bom ressaltar que a banda estará comemorando 2 anos de estrada e imaginem como será, no dia 25, no Clube Feminino quando e onde acontecerá uma puta festa com shows dessas três bandas citadas, mais Fuzzly e Os Viralatas! Imperdível! Então chegou a nossa vez de fazer o som. Tivemos até uma jam no final com o Tênio mandando Legião Urbana. Aguardamos ansiosamente o próximo evento da OCT!" (Carlos B., vocalista do Males de Anto)

"O Luau do Cavalo foi sem duvida o evento da Sexta dia 18! Tivemos bons shows, o som estava muito legal! Tanto Cerveja quanto Refri..estava trincando de gelado, pra uma noite que berou os 32 graus! Gostei muito dos shows de todas as bandas, gostei tambem da interação da galera ao pixar a faixa fixada que estava na quadra! Bom que venha o proximo Luau do Cavalo III!Quem nao foi realmente perdeu! Abraço..." (Tenio Moura).

"...foi sem dúvida uma noite memorável. Muito bem organizada, tendo inclusive banheiro químico. O melhor de tudo foi a galera que estava quente e a cerveja que estava geladíssima. Parabéns OCT! A gente se encontra sexta-feira lá no Clube Feminino." (Welliton Moraes, vocalista do Branco ou Tinto).

* Nessa sexta-feira, Branco ou Tinto & Tiasques vão comemorar aniversário no Clube Feminino. Bandas convidadas: Os Viralata, Fuzzly e Pé-Rachado.



Posted by Bruno Rodrigues Categories: Marcadores: ,



"Novos Cuiabanos" é mais uma produtora musical que surgiu em Cuiabá, e "Lady Murphy" é a super banda formada por Leocádia Pio, Leon Pio, Roberto Viana e Yuri Simples.

* Clube de Esquina está localizado na Rua Marechal Deodora, 244, atrás do CEFET.
Posted by Bruno Rodrigues Categories: Marcadores: ,



"Já está disponível em nosso MySpace e Trama Virtual, o nosso mais novo single, Abominável Inominável. Essa é mais uma música que gravamos em casa com apenas 1 microfone.

A música retrata o perfil de uma pessoa maldosa, invejosa e que só quer saber de ferrar os outros. É dedicada para todos aqueles que a carapuça servir.

A arte é assinada por nosso amigo Nildo Rocker que conseguiu retratar exatamente a mensagem que a música está passando.

Acesse agora nosso MySpace ou Trama Virtual e deleite-se com nosso novo single."


FONTE: BRANCO OU TINTO BLOGSPOT

* Dia 25/09 Branco Ou Tinto & Tiasques comemoram aniversário no Clube Feminino. Bandas convidadas: Os Viralata, Fuzzly e Pé-Rachado.
Posted by Bruno Rodrigues Categories: Marcadores: , ,



Bandas:
- Menorah (MT);
- Tiasques (MT);
- The Heavens Fall (MT);
- Arkangel (Bolívia).

Local: Porão da Renascer (Av. do CPA, ao lado do Mercado Comper).
Entrada: 1 Kg de Alimento não-perecível.
Posted by Bruno Rodrigues Categories: Marcadores: , ,

"mesmo que as discussões forem rolando de forma caótica a princípio, como centelhas de provocação, alguns eventos em cuiabá estão colocando conceitualmente sua posição em relação aos temas que o movimento música para baixar (mpb) tem provocado no cenário musical e cultural nacional, aqui também em cuiabá, vem se desenvolvendo como um embrião que busca se basear nas bases efetivamente.

não vejo como um processo que deva vir agendado de cima para baixo, estamos colocando as coisas em todos os lugares passíveis e que estejam abertos para comungar novas informações e capacidade de se articular com essas práticas, no que tangem à produção musical, seus desdobramentos, como circulação, direito autoral, apropriação tecnológica, software livre, formação de redes colaborativas, liberdade na internet para a troca de conteúdos e compartilhamentos criativos ativos políticos ativistas, com direito a todas as diferenças se manifestando com seu comportamento, mas buscando lutar do mesmo lado contra questões nacionais e locais que infringem contra a vida da maioria das pessoas.

dia 25 no aniversário de tiasques e branco ou tinto, com show de ambas as bandas + fuzzly + pé rachado + osviralata. no clube feminino. a partir de 21h."

FONTE: OS VIRALATA WORDPRESS
Posted by Bruno Rodrigues Categories:

“Uma noite em chamas”, eis a frase que melhor define a segunda edição do Luau do Cavalo II...

Pé-Rachado + Tiasques + Branco Ou Tinto.

O evento em si, começou pontualmente as 22:30h, conforme era previsto, com o show da banda Antiguidade Moderna. Por lá já haviam cerca de 100 pessoas, e uma ótima estrutura de som e iluminação estava montada no meio da quadra. Conforme a banda executava suas canções, o público se aglomerava. Então, do meio do show em diante, a galera já dançava na frente do som. O ponto alto do show, foi o momento da “Labirintos”, uma das grandes canções da banda, que sem dúvidas impressionou todos que estavam presentes.

Tiasques_Luau do Cavalo II

Por volta das 23:10h Tiasques assumiu o comando. O show foi pancada do início ao fim, com o público colado ao som para prestigiar a banda, que faz aniversário nesta próxima sexta (25/09) no Clube Feminino. O show foi curto, marcado integralmente por canções autorais – umas bem conhecidas da galera, e outras inéditas. Nas conhecidas, o que podia-se ver era grande parte do público cantando com a banda. Nas menos conhecidas e inéditas, todos ficavam observando a forma que se desenrolavam, com seus arranjos e performances de palco. O destaque do show ficou pra Alessandro Gomes (Baixista) e Maykonn Sauder (guitarrista solo), que no quesito presença de palco e interação com o público, mandaram bem!

Após o show do Tiasques, isso já era quase 00:00h, Hilayama assumiu. Foi anunciar o trio, que uma boa parte do público foi pra frente do som, e ficou lá até a última música. Dentro as canções, intercalaram músicas próprias e outras releituras de suas principais influências, principalmente “Engenheiros do Hawaii”. Da última apresentação da banda, lá no Tour OCT (Cavernas Bar), até esta, a banda deu grandes saltos, nos quesitos presença de palco e entrosamento. Tendência esta, que só tende a aumentar, já que os garotos ensaiam duro, várias vezes na semana. O destaque do show, vai pra Josa Souza, o baixista, que demonstrou muita segurança e amadurecimento no seu posto!

Branco Ou Tinto_Luau do Cavalo II

Após Hilayama, veio a banda Branco ou Tinto, que há duas semanas apresentou seu trabalho no Paraná e Santa Catarina, e que no próximo dia 25/09 vai também comemorar seu aniversário no “Clube Feminino”. Foi soar a guitarra de Welliton, que quase todo mundo que se encontrava nas redondezas colou ao lado do som. O show foi “pedreira”, marcado por canções próprias, e pela grande presença de palco de Welliton, e a bateria violenta de Tubarão. A cada dia a banda está mais redonda e entrosada, não resta dúvidas, e o destaque vai para a nova canção do B.O.T., intitulada “Abominável Inominável”. Parabéns rapaziada, a cada dia é mais nítido que Cuiabá é pequena de mais para bandas tão “grandes” com a de vocês!

Finalizando a noite, por volta das 01:30h, foi a vez de Males de Anto fechar com “chave de ouro”. Muita gente desconhecia o som da banda, mas depois de 2 músicas todos estavam parados, observando aquela mistura de guitarras distorcidas, um ritmo de samba e a voz melódica, clara e concisa, de Carlos B., que lembrava muito algo do tipo “Cazuza” e “Hateen”. O legal é que o show do MDA foi gradual: no início todos observando, no meio todos pulando e dançado, e no final, INVASÃO DE PALCO – nessa hora, a banda já havia anunciado a “saidera”, mas o público presente pediu mais, e aí a banda tocou “Tempo perdido”, do Legião Urbana, quando foi a hora que várias pessoas pularam no microfone pra cantar! Cena muito legal!

Carlos B._Males de Anto

Invasão do palco__Males de Anto

Durante o “Luau do Cavalo II”, ainda aconteceram algumas coisas legais, como a participação do público na pichação de uma faixa branca, ao lado do palco e a grande disposição para conhecer o trabalho que as bandas apresentavam – em todos os shows a galera chegou junto.



Parabenizamos a todos que compareceram, agradecemos mais uma vez a Mikhail Baraniuk (Gotera Desing), à coordenação de cultura da UFMT, que cedeu o espaço e a equipe extra que deu uma força no bar do evento (não tenho com clareza os nomes e para não correr o risco de deixar alguém de fora não detalharei)!

E aguardem... agora só em 2010 rola Luau do Cavalo!!!
Mais fotos do Luau do Cavalo, no

Flickr OCT

Picasa OCT
Posted by Mikhail Baraniuk de Queiroz Categories: Marcadores: , , ,

Steel Dragon é o nome de uma banda de Hard Rock fictícia, que empregou músicos reais, e que foi criada para atuar no filme Rock Star(2001) da Warner Bros., sendo responsável também pela trilha sonora original do filme que vendeu muitos CDs após seu lançamento.

História

A história do filme é baseada num curioso incidente que aconteceu com a banda Judas Priest; seu vocalista original Rob Halford foi substituído por um fã, Tim 'Ripper' Owens ex-vocalista de uma banda tributo ao Judas Priest chamada British Steel, que acabou influenciando no nome Steel Dragon. A formação da banda incluiu quatro músicos talentosos e atores que interpretaram vocalistas mas que foram dublados por Jeff Scott Soto (Talisman, Yngwie J. Malmsteen) e Michael Matijevic durante suas perfórmances. Porém, houve outros músicos que deram suas contribuições para ajudar a compor e gravar as músicas.

Participantes

1. Zakk Wylde - Guitarrista "Ghode"
2. Jeff Pilson - Baixista "Jörgen"
3. Jason Bonham - Baterista "A.C."
4. Jason Flemyng - Vocalista "Bobby Beers"
5. Jeff Scott Soto - Vocals para "Bobby Beers"
6. Mark Wahlberg - Vocalista "Chris 'Izzy' Cole"
7. Michael Matijevic - Vocals para "Chris 'Izzy' Cole"
8. Dominic West - Guitarrista "Kirk Cuddy"



Track List:

01.: Everclear - Rock Star
02.: Steel Dragon - Livin' The Life
03.: Motley Crue - Wild Side
04.: Steel Dragon - We All Die Young
05.: Steel Dragon - Blood Pollution
06.: Bon Jovi - Livin' on a Prayer
07.: Steel Dragon - Stand Up
08.: Ted Nugent - Stranglehold
09.: Steel Dragon - Wasted Generation
10.: Kiss - Lick It Up
11.: Steel Dragon - Long live Rock and Roll
12.: INXS - Devil Inside
13.: The Verve Pipe - Colorful
14.: Trevor Rabin - Gotta have it
Posted by Bruno Rodrigues Categories: Marcadores:


O que os fãs de rock e suas vertentes pedem para beber em um bar:

Rock n' Roll: Pede qualquer coisa com alcool. Bebe até morrer sufocado no próprio vômito.
Heavy Metal: Pede cerveja. Bebe demais e se mantém firme.
Thrash Metal: Pede gasolina.
Power Metal: Pede uma poção mágica.
Viking Metal: Pede hidromel. Fica extremamente bêbado, mas não cai.
Black Metal: Pede sangue de uma virgem.
White Metal: Pede água benta. Afinal, álcool é pecado.
Grunge: Pede Veneno. Não é atendido e decide comprar uma arma.
Rock Progressivo: Pede uma batida. Bebe pouco.
Metal Progressivo: Pede uma batida com tudo que tem direito. Pede várias esperando uma que chegue à perfeição. Fica bêbado e se torna um chato.
Hard Rock: Pede Jack Daniels. Fica bêbado e sai jogando TVs pelas janelas de hotéis.
Gothic Rock: Pede uma taça de vinho e diz que pensa em se matar.
Gothic Metal: Pede uma garrafa de vinho e logo depois se mata.
Doom Metal: Acha o vinho ruim e se mata.
Emocore: Não sabe o que escolher e começa a chorar.
Hardcore: Pede uma smirnoff ice ou qualquer coisa fraca para dizer que bebe.
Punk Rock: Pede uma cachaça barata, para não alimentar o sistema.
Glam Rock: Pede qualquer coisa colorida e brilhante.
New Metal: Pede a bebida mais forte querendo dar uma de bonzão e cai no primeiro gole
Indie Rock: Pede um refrigerante.
New Wave: Pede água.


FONTE: COMUNIDADE DO CAVERNAS BAR (clique no link)

Posted by Bruno Rodrigues Categories: Marcadores: ,


Depois de semanas de preparativos chegou o grande dia! Hoje, a partir das 21:00h a 2°edição do Luau do Cavalo acontecerá, e dessa vez, que comandará a noite serão as bandas Antiguidade moderna, Tiasques, Hilayama, Branco Ou Tinto e Males de Anto.

Além da qualidade certa dos shows, haverão duas opções de cerveja - Skol e Crystal -, além de refrigerante e água para quem não é "chegado" na cerveja.

Ao lado do bar será montado um pequeno bazar, e lá as bandas deixarão à venda seu material.

Lembrando a todos, a entrada é GRATUITA, e o evento se dará nas Quadras Externas da UFMT. Portanto, NÃO PERCAM!!!
Posted by Bruno Rodrigues Categories: Marcadores:

Vulture_SP


Noite violenta, que além de contar com uma banda paulista - VULTURE -, será abrilhantada pela técnica de Gorempire, Eighteen Angel e Buzzard.

A entrada ficará ao preço de R$ 10,00, e para quem nunca ouviu Vulture, acesse o

MY SPACE VULTURE
Posted by Bruno Rodrigues Categories: Marcadores:

Posted by Bruno Rodrigues Categories: Marcadores: , , ,


As bandas Tiasques (3 anos de estrada) e Branco Ou Tinto (2 anos de estrada), vão organizar no próximo dia 25/09 (sexta-feira), no Clube Feminino, os seus respectivos aniversários.

Para fazerem parte das festividades, as bandas BOT e Tiasques, que estão à frente do evento e com apoio (claro!) da OCT, convidaram Os Viralata, Fuzzly e Pé-Rachado e os Porras Lokas.

O evento começará as 21:00h e a portaria ficará ao valor de R$ 5,00!

Nos próximos dias mais informações sobre a história de ambas as bandas, que inclusive, se apresentarão no Luau do Cavalo II nesta sexta-feira na UFMT!!!

Enquanto o grande dia não chega, fica aí a dica para os internautas, amantes da boa música:

TIASQUES BLOGSPOT

BRANCO OU TINTO BLOGSPOT
Posted by Bruno Rodrigues Categories: Marcadores: ,


Uma das maiores bandas americanas de sempre, ainda hoje muito popular com temas que muita gente ainda canta como; "Have You Ever Seen Rain" , "Hey Tonight" ou "Proud Mary". A banda formou-se na Califórnia durante a década de 60, quando os irmãos guitarristas John e Tom Foggerty e os seus companheiros, o baterista Douglas Ray Clifford, mais conhecido por "Cosmo" e ao baixista Stuart Cook decidiram mudar o nome da sua banda para Credence Clearwater Revival. Em 1968 é editado o primeiro álbum "Credence Clearwater Revival", foi massacrado pela crítica mas ao fim desse ano já era disco de ouro. Do primeiro álbum saíram dois singles "Suzie Q" um velho clássico de Dale Hawkins e a fabulosa "cover" de I Put a Spell on You" do bluesman Screamin' Jay hawkins. Em 1969 sai o segundo LP "Bayou Country" , um álbum a invocar as paisagens do Louisiana e do rio Mississipi, "Proud Mary" / "Born on The Bayou" é o primeiro single extraido do disco. Até 1970 gravam mais 4 álbums: "Green River" e Willy and the Poor Boys" de 1969, "Cosmo's Factory" e Pendulum de 1970. Nesta altura começam as divergências entre John e os restantes elementos que querem ter um papel mais activo no grupo pois era este quem escrevia e compunha todos os temas e era também manager da banda. John tinha a seu favor uma fórmula de sucesso que já havia rendido vários discos de ouro e não cedeu, Tom Foggerty anunciou então o seu abandono para seguir uma carreira a solo. Foi já sob o formato de trio que gravam o seu último álbum de originais "Mardi Gras" em 1972, no ano seguinte saíria um registo ao vivo intitulado "Live In Europe". Mas por esta altura os conflitos entre os John e os restantes membros já havia provocado o fim da banda. John encetou uma carreira solo onde nunca conseguiu grande sucesso. O mesmo aconteceu com o seu irmão Tom, que viria a falecer em 1990 vítima de SIDA contraída numa transfusão de sangue.

Em meados dos anos 90, Stu Cook e Doug Clifford procuraram John Fogerty a fim de recolocar o Creedence na estrada, mas John não aceitou e ainda por cima os proibiu de usar o nome Creedence Clearwater Revival. Eles não desistiram e chamaram outro John (Tristao) para os vocais e guitarra base, Elliot Easton para a guitarra solo e Steve Gunner para o teclado, mudaram o nome para Creedence Clearwater Revisited e voltaram à estrada em 1995. Hoje na guitarra solo está Tal Morris no lugar de Elliot Easton.John Fogerty, após o lançamento do bem sucedido cd e dvd ao vivo Premonition em 1998, tirou umas férias pra curtir sua nova filha com a família, mas acaba de lançar seu novo CD Deja Vu (All Over Again) em outubro de 2004, e já está em turnê mundial.


Ao pessoal que quiser conhecer as músicas desta maravilhosa banda, eu vou deixar um lik de uma comunidade no ORKUT que tem várias músicas deles.

http://www.orkut.com.br/Main#CommMsgs.aspx?cmm=56139232&tid=5323510563759315777&kw=creedence

FONTE: HILAYAMA BLOGSPOT


* Hilayama se apresentará nesta sexta-feira no Luau do Cavalo II!
Posted by Bruno Rodrigues Categories:



* Lembrando: a partir das 21:00h o evento inicia com som mecânico, e por volta das 22:30h inicia o primeiro show! Não percam!!!
Posted by Bruno Rodrigues Categories: Marcadores: ,


Honestamente vai ser difícil contar aqui, com tão poucas palavras, como realmente foi nossa viagem fazendo shows no Paraná e Santa Catarina. Mas uma só palavra pode definir bem tudo isso, foi inesquecível.


Conhecemos cidades lindas, gente importante da cena, bares muito diferentes, e ainda faltou conhecer muita coisa, pois o tempo de viagem foi pequeno e tudo foi muito corrido.

Eu e Tubarão saímos de Cuiabá na quinta-feira, dia 3 de setembro rumo a Curitiba, prontos para enfrentar as 28 horas de viagem. Nosso ônibus atrasou cerca de 3 horas e isso acabou nos prejudicando. A entrevista do programa Upload, que foi ao ar na sexta, dia 4, iria ser gravado as 14:00 e infelizmente, com o atraso acabamos chegando depois das 15:00. A noite assistimos o programa que foi ao ar pela TV Transamérica e o apresentador Alexandre explicou o motivo de não podermos comparecer na entrevista. Mostrou o MySpace da banda, video-clip e comentou sobre os shows que faríamos lá.

Já em Curitiba, nosso amigo Fabrício Vitor da banda "Os Corsários" e organizador do São José Rock Festival foi nos buscar na rodoviária e nos levou até São José dos Pinhais, cidade vizinha de Curitiba. A noite saímos para conhecer um pouco das duas cidades. Em Curitiba fomos no Largo da Ordem, onde a galera do rock and roll se reúne a noite para conversar e beber. Por lá conhecemos o Bar do Chinaski. Só tinha rockeiros que conhecem muito bem do assunto. O lugar é cheio de posters de várias bandas bacanas, como The Jam, The Who, The Cramp's, Dead Kennedys, e por aí vai.

No sábado a tarde, Thiago chegou de avião em São José, então fomos conhecer o local onde aconteceu o festival, San Rosse Music Hall. O lugar é enorme, e a galera trabalhava muito pra deixar as coisas em ordem para o festival. Voltamos para o hotel, descansamos bem e saímos para conhecer um pouco mais da cidade de São José. Logo estávamos prontos para ir tocar e o festival já havia começado. Chegamos lá por volta de 21:30 e o local já estava bem cheio. Subimos no palco logo após a banda "Os Corsários", anfitriã da noite. O show dos caras foi com muita energia, punk rock nervoso e com certeza merece destaque, pois a galera não parou de agitar 1 segundo se quer.

Subimos no palco já eram quase 2:00 da madrugada. Estávamos muito felizes, principalmente depois de metermos 3 nabitos no Maradona. Não resisti e acabei dedicando o show para os hermanos. O público se aglomerou na frente do palco e tinha muita gente tirando fotos, cantando e curtindo. A aceitação e receptividade da galera foi muito boa e saímos muito satisfeitos e aplaudidos do palco. Por lá ainda conhecemos Ademir, vocalista da banda "Ovos Presley" que fechou a noite com muita energia. O show deles foi muito bom e nosso amigo Max Merege já havia comentado muito sobre a banda...

* A resenha completa pode ser conferida no BRANCO OU TINTO BLOGSPOT (clique no link).
Posted by Bruno Rodrigues Categories: Marcadores: ,

Como Aconteceu
Muitos cidadãos ficaram aterrorizados ao verem os aviões se chocarem contra as torres gêmeas do World Trade Center. Tudo culpa de um bando de árabes malucos que tiraram o brevê de pilotos na Pernambuco do Norte. Pegaram uns aviões para dar uma volta, mas para comemorar tomaram 3 litros de Vodka e 2 tubos de Cana, o resultado todos já sabem: O maior mal entendido da história, como um suposto atentado. O resto é pura teoria da conspiração.

Desdobramentos do 11 de Setembro
Além da invasão do Afeganistão, do Iraque, esse sobe-desce atrás do Bin Laden, e a mudança nas leis de imigração, todos os anos se realiza a cachaçada do 11 de setembro nas principais capitais do país. As chachaçadas se realizam por ordem, por exemplo: 1ª cachaçada do 11 de setembro(quando se comemorou um ano do fato), 2ª cachaçada do 11 de setembro(quando se comemorou dois anos) e assim por diante.

História
O voo UA93 é uma das quinze aeronaves juntamente com o voo UA175 que foram sequestradas por terroristas no dia dos ataques de 11 de Setembro de 2001.
No decorrer de seu trajeto, o voo UA93 que partiu de Pindamonhangaba - São Paulo (Argentina) pela manhã, com destino à São Francisco - Califórnia, desviou-se da rota de origem assim que terroristas assumiram o controle da aeronave matando seus pilotos e estuprando outros passageiros, com a intenção de colidí-lo com a Torre Eiffel.

O plano dos terroristas não teve sucesso, pois passageiros reagiram após 50 min de voo morrendo após confronto com cinco terroristas que estavam abordo. O terrorista em comando acabou por executar manobras radicais e um looping ocasionou na queda do avião em decorrência de uma luta entre ninjas e piratas.

A história do voo UA 93 encerra-se ás 10:06 min deste mesmo dia, em que caiu em um vulcão chamado Orodruin próximo a Mordor. No total estavam 45 pessoas à bordo, entre eles: 38 cadáveres, 5 mortos e dois defuntos.
O filme Apertem os Cintos... O Piloto Sumiu traz a história e relatos sobre a catástrófica situação que decorreu-se abordo do 757-200 de matrícula N591UA.


Queda das Torres
Depois de muito estudo e polêmica, o motivo da queda das duas torres foi finalmente desvendado. Ao contrário do que se pensava, não foram os aviões pilotados por bêbados que derrubaram as torres. O verdadeiro problema foi o erro no projeto, feito pelo engenheiro brasileiro Velho Barreiro, que bêbado, não calculou corretamente as forças envolvidas na sustentação das enormes torres. Os cálculos dos peritos ainda dizem que o projeto era tão ruim que as torres teriam caído em 11 de Setembro de qualquer maneira, tendo ou não sido acertadas por aviões cheios de combustível.


O Verdadeiro Culpado
Não foi Bin Laden, não foi Freeza, não foi sequer o Zé do Caixão. O verdadeiro culpado pelas ataques do 11 de Setembro foi Osama Bin Laden, quer dizer, não foi ele não, foi o Fidel Castro, por motivos que não posso explicar (mas tem a ver com a proibição da importação de charutos cubanos nos EUA).


Onde estava Super-man?
Muitos americanos fizeram essa pergunta quando notaram que ninguém foi capaz de salvar os EUA durante o ataque de 11 de Setembro. Afinal, onde estavam os heróis que usam cuecas em cima das calças e sempre salvam os EUA na hora H? Os heróis não sei onde estavam, talvez eles não existam, mas o Superman, dizem, estava de castigo no dia, já que no dia anterior ele havia erguido, arremessado e destruido em cima de um vilão o Porshe Carrera recém adquirido por Chuck Norris.

CONFIRA A MATÉRIA COMPLETA NO DESCICLOPÉDIA (clique no link)
Posted by Bruno Rodrigues Categories: Marcadores: , ,



O primeiro evento (cartaz aí de cima), acontece hoje, quebrando a tradicional rotina dos "sábados". A portaria vai ficar a R$ 5,00, e o som inicia a partir das 21:00h.

O segundo evento acontecerá sábado que vem, com produção do "Metal Comando", e além de contar com o show da banda de Death Metal Paulista "Vulture", contará com outros 3 shows de bandas locais, como Gorempire (clique no link e confira o som).

Posted by Bruno Rodrigues Categories: Marcadores: , ,

(Para maiores informações do evento clique no cartaz)

"Entrevista Dj Jimmy (12/09) Parte 1
...
Pergunta N° 01: Breve perfil e estilo de discotecagem.
Meu nome é Jimmy Hendrix, produtor e apertador de play do Projeto Cena Morta, minhas tendências musicais tendem ao Post punk, Death Rock, Gothic Rock, Horror Punk e Psychobilly. Nesta terceira edição optei pelo Post Punk como principal estilo a ser tocado, mais não me prenderei somente a esse estilo, pretendo fazer um revival de bandas que badalou Londres, e outros países na década de 80 na ressaca do punk, e também bandas que não necessariamente fez parte disso tudo mais está incluída na play dos góticos e ou amantes disso tudo.


Pergunta N° 02: Quais bandas de grande sucesso vão entrar na playlist?
Como disse anteriormente farei uma espécie de revival, por tanto o publico vai se deparar com muitas vozes mais do que conhecidas no meio, siouxie and the banshees, x- mal deutchland, bauhaus, sister of mercy, joy division, the cure, alien sex fiend, poesie noire são alguns dos clássicos a ser tocados por mim, quero ver toda grupe noir dançando.


Pergunta N° 03: Qual reação do público você espera?
A quero sentir a nostalgia, o fogo queimando os pés do publico fazendo sapatear quero ouvir novamente os refrões sendo cantados como no ultimo evento, quero alegria, álcool, sexo.
...

Pergunta N° 04: Tendo em vista as outras discotecagens, qual você está mais ansioso em ver?
A será tocado musica pra vários gostos agusados dentro da subcultura gótica e também para os amantes da tão maravilhosa época (ou não) anos 80.
EBM não é meu forte, mais a minha play, rsrs a da DJ Deb e do DJ Altino são as mais esperadas por mim.

Pergunta N° 05: Na sua opinião, as festas do Cena Morta já tem público cativo?
É estranho, surreal e Troo rsrsr cada evento temos o nosso pequeno publico fiel, o pessoal de Várzea grande sempre marcando presença, alguns amigos, e uma galerinha que já acompanha o Projeto desde a época do Lunatos, mais sempre temos um publico diferente, pessoas que nunca vimos no role, alguns não voltam, outros retornam, é como se cada festa fosse uma caixinha de pandora cheia de surpresas.
...

Pergunta N° 06: Pode adiantar algo mais sobre o que você preparou para a Cena Morta III no dia 12/09?
Com o intuito de mudanças para melhor atender, novidades sempre, já apresentamos ao nosso publico varias vertentes não necessariamente gótica mais apreciado por góticos, do EBM ao POP 80, do Death Rock ao Horror Punk já foi tocado, logo me senti na obrigação de trazer de volta as musicas empoeiradas de nossos “ídolos” escutar Ian (Joy Division, Album Closer) cantando Isolation é lindo e nostálgico.
...


Pergunta N° 07: O que é importante destacar nesta entrevista? Falo de um assunto não mencionado ainda...
È importante lembrar que o projeto cena morta, se baseia na subcultura Gotica oitentista, mais não se prende somente as origens, trabalhamos com publico diversificado, inteligentes e bonitos, é natural querer conhecer novos sons, estilos e vertentes. O importante é manter a coerência, e fazer o publico feliz... Você que nunca participou de nossos eventos, venha conheça se divirta você será bem recebido. "

Fonte: Blog Cena Morta MT


* Cena Morta III acontecerá nesta próximo sábado (12/09) no Canelas Snooker Bar (antigo Declyver), que está localizado em frente ao Ginásio São Gonçalo, centro.
Posted by Bruno Rodrigues Categories: Marcadores: ,


O evento chega a 3° edição, e sua proposta é simples:"viabilizar as produções artísticas dentro da Universidade. Arte em seus mais variados seguimentos: teatro, música, dança, cinema... tudo regado a muita poesia."

Nas palavras dos idealizadores (Canteiro de Obras):"Não colocaremos etiquetas para o movimento. Não nos prenderemos com recursos lingüísticos-cientifico para explicar o Sarau Sentimento do Mundo. Seria blasfêmia dizer que é um sarau literário ou até mesmo musical, seria delimitar, cortar a pouca loucura de nossas mentes... preferimos o termo livre, sem correntes, orgânico e vivo na sua essência.

O sarau é uma (re)produção eloqüente de vozes irrequietas. Vozes audazes que sussurraram idéias. Abstratas, concretas, idéias multiformes que tangem sentimentos e buliçosos gritos internos. Gritos entalados, prontos para serem escarrados, liberados da prisão ventriana e estreita de nossas mentes primitivas. Gritos que ultrapassam o sentir, reverberando alguma coisa qualquer no coração dos homens.

O sarau pulsa braços que constroem, tecem e cantarolam manifestações da arte. Aquela arte bruta e carrancuda que emerge do suor, da confluência de vozes dos declamadores e das mãos dos operários.
"

Sarau Sentimento do Mundo é aberto, todos podem participar, inclusive àqueles que recitam poesia. No caso da música, esta edição comportará somente apresentações acústicas (violão e voz), devido ao baixo orçamento e problemas burocráticos dentro da Universidade.

O mesmo acontecerá nesta sexta-feira, 11 de Setembro, das 9 da manhã às 21 da noite, no saguão do IL (Instituto de Letras).


Posted by cavalodetroia.blogspot.com Categories: Marcadores: ,

Posted by cavalodetroia.blogspot.com Categories: Marcadores:

Entrevista hilária com o Rei do Pop! Só vendo mesmo pra entender:



Gostaram?
Posted by Mikhail Baraniuk de Queiroz Categories: Marcadores: , ,


O ex-KORN, Brian Welch, que em 2005 optou por abandonar o posto de guitarrista da banda e se converter ao cristianismo, concedeu uma entrevista ao site Backstageaxxess, e abaixo seguem alguns trechos da conversa.
Seu álbum solo "Save Me from Myself" foi lançado em 2008. Como tem sido para você esta experiência?

Welch: "É mais trabalhoso porque estou assumindo os vocais. Na verdade, eu tive de praticar pois estava perdendo o fôlego no palco pois eu estava tentando cantar e tocar. Então tem sido bem legal, é como começar do zero. Estamos tocando em lugares pequenos com por volta de 100 pessoas e é isso. Então definitivamente é diferente do KORN".

O quão diferente é escrever e criar músicas agora em comparação com a época no KORN?

Welch: "Agora é diferente porque na verdade eu escrevo todas as músicas no computador, como em um sintetizador, teclado e por aí vai, e depois eu trago isso para o estúdio onde coloco as guitarras e tudo o mais. Então é muito diferente por não haver pressão pois não há nenhuma gravadora no seu pé pra gravar logo o álbum. É como estar livre para fazer o que quero".

Você possui uma grande devoção ao Cristianismo, e isso te levou a escrever este album. Você pode me contar mais sobre toda a história por trás do processo deste álbum e a conexão dele com sua crença?

Welch: "Foi um longo processo. Eu estava um pouco ligado e desligado. Eu rezei muito, e as músicas vieram até mim. Minha vida inteira é assim, então é como se agora tudo estivesse conectado a isso. E eu simplesmente gosto de compartilhar o que passei através das minhas músicas e ainda manter a vibração pesada, o que eu amo".

Antes de decidir qual seria o tracklist final, você escreveu muita coisa para o "Save Me from Myself." Como conseguiu chegar às 11 músicas e decidir quais se encaixariam melhor na maneira como você queria que o álbum soasse?

Welch: "Eu praticamente escolhi as mais vigorosas e pesadas, eu acho. Eu queria aparecer com uma música mais pesada porque muitas pessoas pensavam que eu lançaria uma 'Kumbaya', no estilo música de Jesus. E eu queria meio que surpreender as pessoas e mais, eu amo música pesada, então escolhi as músicas mais pesadas".

Então você estava indo contra o que as pessoas poderiam pensar?

Welch: "Isso, é o que eu estava tentando fazer. E também, eu amo esse tipo de música, então eu quis manter o primeiro álbum realmente pesado".

Deste disco, qual é a sua música favorita?

Welch: "Pessoalmente eu gosto de 'Re-Bel' porque minha filha canta nela. Amo ouvir vozes de criança em músicas obscura. Gosto de como soa, o contraste da inocência com a escuridão, é assim".

Tem sido questionado se você voltará em algum momento para o Korn. Você pode contar algum de seus planos futuros, e se retornar ao Korn é um deles?

Welch: "Sim, aqueles caras são o máximo. Mesmo após todos esses anos, eles ainda me pedem para voltar. Eu disse a eles que eu realmente não sinto que devo retroceder e quero progredir. Então, simplesmente lançarei outro álbum e continuarei fazendo o que estou fazendo pois é o que amo. Me sinto em paz comigo mesmo".

Então você ainda conversa com o caras do KORN?

Welch: "Sim. Falo com o Fieldy de vez em quando. Eu estava com ele em um projeto pelo baixista do DEFTONES, Chi Cheng que sofreu um acidente de carro e ficou um tempo em coma. Estávamos levantando fundos para ele pois sua companhia de seguro cancelou seu convênio médico. O que estávamos fazendo era levantar dinheiro pra ele".

Alguns dizem que você era a alma e o coração do Korn. Qual foi a verdadeira razão para você ter deixado a banda? Você ainda possui aqueles sentimentos e raciocínios?

Welch: "A verdadeira razão pela qual eu deixei o KORN é que eu estava viciado em drogas e com Deus encontrei uma saída. Eu precisava voltar pra casa e abandonar o mundo dos negócios, e criar minha filha porque ela não tem mãe. A mãe dela brigou com a família e por isso não podia mais cuidar dela. Eu tive de colocar minha vida em ordem e ser responsável. Então esta foi a razão principal. Estou apenas tentando ajudar outras pessoas através do que faço, meus talentos, é o que quero fazer agora. E é isso, o público é menor e dificulta mais, mas para mim isso parece ser o certo a fazer".

Fonte da Matéria em Inglês: Backstageaxxess
Posted by Bruno Rodrigues Categories: Marcadores: , ,

A banda cuiabana Branco Ou Tinto ontem mesmo pegou a estrada, rumo a Curitiba, São José dos Pinhais, ambas no Paraná e Balneário Camboriú (SC).

Hoje, a partir das 21h, concederá uma entrevista no Programa Upload da TV Transamérica, canal 59UHF para Curitiba, que também é transmitido para o mundo todo no www.transamerica.tv.br.



Amanhã se apresentará no "São José Rock Festival", ao lado da banda Corsários (esta comemora 10 anos de carreira), Harmônica, Vinil Verniz, dentre outras.

E no domingo, véspera do feriado, se apresentará no "Independência ou Rock", no Balneário Camboriú (Santa Catarina), num bar que está localizado ao lado da praia.

A banda realmente está numa fase boa, pois além dos vários shows agendados, acabaram de lançar mais um single, cujo título é "Abominável Inominável", que pode ser conferido no My Space (clique no link)

Enfim, só temos a parabenizar a banda e desejamos ver o B.O.T. que o talento do B.O.T. se sobressaia cada vez mais!
Posted by Anônimo Categories:


Em meio a fogos de artifícios e falatório nervoso dos locutores de rodeios, começamos a nossa apresentação na Exposanto de 2009. Tal apresentação aconteceu no dia 29 de agosto, sábado passado, e é uma das nossas investidas na nossa saga de disseminar o rock e o nosso som na Vila. Além de muito bom tocar num palco legal com boa estrutura, foi muito gratificante tocar lá pois fomos prestigiados por cerca de 800 pessoas ou mais. Recebemos, inclusive, convite para tocarmos em outros lugares por aqui.

Inventando uma cena na botinada!

Continuando a nossa saga por aqui, vamos tocar amanhã , dia 05 de setembro, no Festival de Praia, na Praia Bar, a partir das 15:00. Evento promovido pela Prefeitura, vai ter uma boa estrutura mandaremos, além de nossas músicas, muito rock nacional dos anos 80.

E, na perspectiva de disseminar o rock'n'roll por aqui, começaremos a fazer ensaios abertos , nos finais de semana livre, no Teatro de Arena. Estamos planejando, com o precioso apoio da OCT, em convidar bandas de Cuiabá para virem divulgar o som por aqui.

A MDA vai tocar no Luau do Cavalo 2 e estamos planejando fazer um ensaio fotográfico "brega", por Bruno (Tiasques), ainda este mês.

Para quem não conhece o som da banda, acesse o blog da banda e clique nos links do orkut, twitter ou de sites de mp3 que preferir (Na barra lateral do blog):




Caio B. [MDA]

Posted by Bruno Rodrigues Categories: Marcadores: , , , ,

Marcelo e o fãs insanos do Pé-Rachado (Presente de Grego 3)


A banda Pé-Rachado e os Porras Lokas, que já não se apresentava desde o Presente de Grego 3, recebeu um convite esta semana, por parte da produção do "Insive The Cave Festival", que é encabeçada pelo Beer Bhothers e Cavernas Bar, para participar do evento, que acontecerá no sábado (5/09) e domingo (6/09).

No sábado, que é o dia que Pé-Rachado vai se apresentar, além desta, rolará shows das bandas Filhos do Ódio, Veniversum e Fuzzly.

Cartaz Oficial do evento


No domingo, rola som com as banda Perpetual Disgrace (Paraná), Black Aces (antiga Animus Sacra), Mallord e Veidam.

A portaria para os dois dias ficará apenas ao valor de R4 10,00. Um dia fica a R$ 7,00.

Além dos shows, haverá sorteio de brindes, camisas, CD's e Tatoo's.

Posted by Bruno Rodrigues Categories: Marcadores: , ,



A banda Tiasques, que atualmente segue firme na preparação do novo repertório, gravação e nova estética (o que inclui figurino, logo, ensaio fotográfico, etc), recebeu mês passado o convite para participar da 1° Edição do "Underground Metal Fest", que está sendo organizado pelo CMF Cuiabá, e acontecerá no próximo dia 26 de Setembro.

Além do show do Tiasques, se apresentarão na noite as bandas Menorah, The Heavens Fall e Arkangel (Bolívia).

Para este evento, nos informam os organizadores, está sendo preparada uma grande estrutura, com um bom equipamento de som, backstage, etc. Acontecerá na Av. do CPA 2364, Bosque da Saúde, próximo ao Supermercado Comper, Rua ao da Renascer.

Maiores informações sobre o Underground Metal Fest podem ser obtidas no Perfil do CMF (Clique no link).

Fonte: TIASQUES BLOG


Posted by cavalodetroia.blogspot.com Categories: Marcadores: ,



P.s. para comentar e interagir no Blog OCT não é mais necessário possuir conta google.

Materias

Comentarios

Sponsors