Posted by Maximiliano Merege Categories: Marcadores: , ,
BACHARACH ....




Se a população ocidental cresceu a olhos vistos entre as décadas de 60 e 70, muito disso se deve a Burt Bacharach... E não é nenhum exagero afirmar isso, pois muita gente foi gerada ao som de muitos de seus incendiários hits românticos como: "Raindrops Keep Fallin' On My Head" (BJ Thomas), "The Look Of Love" (Dusty springfield), "Close to You" (The Carpenters), "Walk On By" (Isaac Hayes), "What's New, Pussycat" (Tom Jones), "What the World Needs Now is Love" (Jackie DeShannon), "I Say A Little Prayer" (Aretha Franklin), "My Little Red Book" (Manfred Mann), Casino Royale (Herb Alpert & Tijuana Brass), "Baby, It's You" (The Beatles), "Any Day Now" (Elvis Presley) e "Wives and Lovers" (Frank Sinatra) e inúmeros tantos mais...
Filho de pais judeus, Burt Bacharach nasceu no sul dos EUA em 1928. Estudou música em grandes conservatórios e universidades, serviu nas forças armadas e também tocou piano em muitos e muitos bares dessa vida.
Mestre nas ambientações, assim como Phil Spector, Frank Zappa e Brian Wilson, Bacharach ganhou notoriedade como um maestro da easy listening music (música de fácil audição), mesmo com toda complexidade envolvida em suas composições. Compôs músicais para a broadway e fez inúmeras trilhas sonoras para filmes hollywoodianos, mas foi mesmo na (re)criação do pop que seu nome de fato se fixou.
Fã confesso da mpb, não poupa elogios (e também algumas críticas) a astros como Ivan Lins, Milton Nascimento e Djavan, isso sem falar na forte ligação com Sérgio Mendes, possibilitada pelo amigo comum Herb Albert.
Entre o final dos anos 50 e começo dos 60, ele foi o maestro da diva Marlene Dietrich e com ela emplacou inesquecíveis hits, principalmente versões germânicas para muitos sucessos da lingua inglesa. Aliás, de encontro ao que dizem as más línguas, Burt Bacharah nunca namorou a estrela alemã, mas sim, fora um grande amigo e discípulo seu.
Como um bom superstar, em sua vida casamentos não faltaram. Afinal, o cara se casou umas 4 vezes em 50 anos. De suas ex-esposas, figuram musas dos cinema nas décadas de 50 e 60 como Paula Stewart e Angie Dickinson.
Dentre seu maiores parceiros e interpretes, nomes como o do letrista Hal David e da cantora Dionne Warwick são presenças costantes em tudo o que lhe diz respeito, haja vista que, segundo o próprio, se suas música tem palavras, são as de Hal David; e, se têm uma voz, é a voz de Dionne Warwick. Precisa dizer mais?
Agora, por que escrever sobre Burt Bacharah? Porque ele simplesmente é um dos maiores mitos do pop ainda vivos ( 80 anos! ) que está em tour pelo Brasil. Tem aparecido em inúmeros programas de entrevistas e jornais pelo país. Várias das publicaçõe musicais também têm prestado sua reverência a esse semi-deus da cultura ocidental contemporânea, e para nós, da Folha do Estado, não poderia ser diferente.
.................
Max Merege, além de entusiasta da boa música, não nega a possibilidade de também ter sido concebido ao som de "Raindrops Keep Fallin' On My Head".




+


19 de Abril de 2009
Caderno FOLHA 3
Jornal FOLHA DO ESTADO
Cuiaba - Mato Grosso




Algumas canções do maestro ...

Casino Royale, por Herb Albert & Tijuana Brass - apresentação do filme homônimo, de 1967.


The Look Of Love, Dusty Springfield


I Say A Little Prayer For You, por Aretha Franklin (1969)


Raindrops Keep Falling On My Head, por BJ Thomas, no Filme But Cassidy & Sandance Kid


Baby, It's You - The Beatles


Any Day Now, por Elvis Presley


Walk On By, por The Beach Boys


Burt Bacharach & the A&M '67 All-Stars (Herb Alpert & the Tijuana Brass, Wes Montgomery, Liza Minnelli + the Baja Marimba Band + Sergio Mendes & Brasil 66...). Medley com vários hits....


My Little Red Book, por Artur Lee & LOVE


Close To You, por Carpenters

1 Comentario para BACHARACH ....

23 de abril de 2009 08:30

Muito bom o post!

Materias

Comentarios

Sponsors