Posted by Maximiliano Merege Categories: Marcadores: , , ,
Sam The Sham & The Pharaos, banda encabeçada por Domingo Samudio, um chicano que encarnava uma espécie de "Pai de Santo" charlatão, foi uma das trupes mais divertidas da década de 60.

Clássicos com Woolly Bully e Little Red Riddin' Hood (Chapeuzinho Vermelho) tornaram-se clássicos atemporais e que na terra brasilis contou com divertidas versões na jovem guarda, gravadas pelos Jet Blacks e The Fevers, tocadas - inclusive - em muitos carnavais e bailes do Hawaii, Brasil à fora.

No site SENHOR F, foi publicado essa semana um "dossiê" virtual escrito e compilado pelo poeta Glauco Mattoso, no qual podemos inclusive nos deparar com rasgados elogios acerca do trabalho de William Duarte, o cara que mais conhece rock em Cuiabá!

MATÉRIA de Glauco Mattoso no SENHOR F
REVIEW do William Duarte, também no SENHOR F
TORRENT PARA BAIXAR A DISCOGRAFIA BÁSICA

Aparição em filme


Woolly Bully


Little Red Riddin' Hood

3 Comentario para SAM THE SHAM & THE PHARAOS

GELÉIA
17 de março de 2009 12:46

O SENHOR É UM FANFARRÃO, SR. MEREGE!

17 de março de 2009 18:06

Massa demais esse som!rsrs

Sandra
17 de março de 2009 19:47

só imagino o pérrachado de turbante! rsrsrsrsrsr

Materias

Comentarios

Sponsors