Posted by cavalodetroia.blogspot.com Categories: Marcadores: , , , ,
Foi tudo como planejamos: divulgação local nos programas de rádio da região e internet, som próprio da OCT, ÓTIMA iluminação, “público esperado”, além dos ótimos shows. Se teve um evento, desde o surgimento da OCT, que foi feito com a mão de todos, principalmente das bandas que tocaram, esse foi o “Domingo Tour”.

Na foto, uma parte do público, e um rato dando oi para nossa câmera...



Junior (Pé-Rachado) - para câmeras de celulares a 100m de distância é difícil mesmo de captar a iluminação...


Estava tudo previsto para começar às 19h, porém, com as duas chuvas seqüenciais que caíram entre as 17-19h e com a ameaça de chuva constante, o evento teve que começar um pouco mais tarde, porém, as 16h já estávamos todos lá, cada executando o que tínhamos planejado durante a semana: sujeito X com o frete do som, sujeito Y com a passagem, sujeito Z com iluminação, entre outros.

Antiguidade Moderna


A primeira banda da noite foi Antiguidade Moderna. Alguns pontos de imediato que todos comentaram: o vocal do Eduardo Lamark cada vez está mais firme e Renato Reis (baixo) com Guilherme (teclado) estão mais soltos no palco, além dos claros indícios de que a banda está muito bem ensaiada. Antiguidade Moderna nessa apresentação demonstrou que ganhou muita maturidade nos últimos meses e está consolidando um grande repertório, que intercala músicas autorais e covers - o show foi de aproximadamente uns 40 minutos, mas ainda tinham muitas músicas engatilhadas para tocarem. Cruzando minhas impressões do show com a de vários transeuntes da região e da própria banda, o show foi muito bom! Parabéns rapaziada, todos nós que somos fãs da banda, esperamos que essa ascensão não cesse!

Mais um show da pesada do "Pé-Rachado e os Porras Lokas"



A segunda da noite era banda da casa: Pé-Rachado e os Porras Lokas. Logo quando foi anunciada, vários que estavam ali, se aglomeraram perto do palco – algo que a cada dia se torna comum por onde Pé-Rachado e os Porras Lokas passam -, inclusive algumas ilustres presenças que por ali se encontravam (Boça, Slot, Chang,etc) entocados como ratos que são desde o início...(Bois de piranhas?) Pois bem, o show também só veio a confirmar as expectativas de todos os presentes: Pé-Rachado, depois de um ano na ativa, tornou-se uma das maiores banda de rock do cenário, e os motivos não são segredos para ninguém: grande presença de palco, ótima qualidade instrumental (principalmente da bateria), letras bem engraçadas, que causam uma grande empatia do público para com o que falam . Não teve um que não parou na frente do palco e viu pelo menos umas duas músicas. A banda parecia muito à vontade no palco, e todos os integrantes, sem exceção, desempenharam um grande papel na apresentação, especialmente Marcelo, que mandou novamente a música “Pombo” para a figura mais emblemática do rock cuiabano, o verdadeiro Miranda (clique no link) de Cuiabá. No final foi só elogios. Parabéns mais uma vez meus amigos!

Base Oculta


O evento já chegava ao seu final, quando Base Oculta assumiu o comando, apresentados por Marcelo, vocalista do Pé-Rachado. O show se limitou a cerca de 30 minutos, mas já deu para notar que os rapazes começaram a pegar o ritmo, que havia sido interrompido pelo bom tempo que estavam sem tocar e depois pela substituição do novo baixista. O som pode ser baixado no site do Base Oculta, e o que posso dizer é que é um Pop Rock com letras bem “nacionalizadas”, com uma temática bem diversificada, voltada ora para política, ora para temas cotidianos, beirando um pouco de “Titãs”. O show contou até com participação de Eduardo Lamark em uma das músicas (momento bem legal), e sem dúvidas, destaco um trecho da música “Eu quero um carro”, na qual dizia: “Em todas as trilhas que andei, nenhum ‘Calango’ avistei...” Logo no finalzinho do show, infelizmente os ratos que falei acima tiveram que se retirar, aí foram para o outro lado da rua aonde o carro de um estava estacionado, há vários metros do palco, e de um ângulo bem tendencioso, Slot bateu algumas fotos (cena até engraçada..rs). Enfim, apesar dessa “pinoquíce” dos ratos, o show do Base Oculta foi bem legal, com direito até a distribuição de alguns CDs. Parabéns rapazes!

O Domingo Tour Rock OCT, entre outras palavras, como um evento ‘experimental’, foi bem legal, circulando, mesmo num dia chuvaroso e com o céu fechado, cerca de 100 pessoas, que sem dúvidas, se buscavam um rock mais independente e “espontâneo”, saíram satisfeitas. Esse foi só o primeiro, com certeza 2009 estará recheado de vários outros. Agradecemos a todos que compareceram, em especial ao apoio dado pelo programa "Expresso Rock"´, lá da CPA FM, e ao Jorge Augusto, que comandou a iluminação e fumaça do evento.

(Tenho algumas hipóteses para que num espaço que comporta, estourando, 200 pessoas caibam 700: ou cerca de 500 pessoas assistiram os shows do telhado, ou quem contabilizou tudo bebeu algumas “biritas” e vendo uma, via três – engraçado é que uma das contadoras diz que deu 700, mas só 160 votaram, sem contar a controvérsia deles mesmos, quando dizem em um veículo que deu 700, e no outro, dizem que deu 500. Ah, mais uma "Pinoquíce": nas duas prévias, exatamente, 160 pessoas votaram, sem tirar nem pôr!!! Essa nem Eisten conseguiria prever com seus calculos!!!RSRSRSRS. Então me parece que a última tese (a das biritas) é a mais adequada para explicar esse curto-circuito cerebral dos nossos amiguinho...).

6 Comentario para DOMINGO TOUR ROCK OCT: começando com o pé-direito...

2 de fevereiro de 2009 16:44

Legal OCt, foi muito bom o evento!
Tomara que aconteçam mais aqui no CPA!

2 de fevereiro de 2009 17:06

Foda demais!
Curti o evento.
Parabéns,gurizada.

2 de fevereiro de 2009 18:44

Galera!!! Pra um evento teste e com "todo"o ocorrido fomos muito bem; mas ainda devo ressaltar mais uma vez a excelente apresentação do Pé-Rachado-PARABÉNS GURIZADA- Todos estavam sensacionais caras!!!Curti pra caramba...

2 de fevereiro de 2009 22:31

PROS CUBICHAS:
OBRIGADO PELA AUDIÊNCIA!!!!!

2 de fevereiro de 2009 22:49

Ah sim, já ia me esquecendo, aquele de camisa branca na primeira foto, quase caindo (talvez pelo peso do seu cabeção), deve ser o Sloth, vocalista do N3CR, sim, aquele mesmo, o retardado do antigo filme "Gonnies" que só falava "CHOCOLAAATTTEEEEE".rs Além de retardado, bunda mole (pois depois de tirar a foto saiu correndo), é Robert!rsrs Fico só rindo do cúmulo de ridicularidade que esses pobres coitados se submetem.rs

2 de fevereiro de 2009 23:28

Foi um evento bem Família.
Graças aos moradores da região que não se acanharam em prestigiar nosso evento.
Estavam presentes casais cem seus filhos.
Muito Bacana isso!!!
Bom pelo ponto estratégico de observação em que me coloquei, pude observar o fluxo de publico.
E sem exageros alcoólicos pude ver que por ali passaram cerca de 200 a 250 pessoas.
Muito bom o Evento!
E que venha os próximos.

Materias

Comentarios

Sponsors