Posted by Roberto A Categories: Marcadores:

Na textura do amor
Taça em flor
Beba do seio a essência
Nas vestes que te acompanhou
Cálice cálido perfume
A pureza em Cânticos
De amor do que ficou
No olhar duas folhas
No lume das pétalas
Sentem eterna dor
Morda os lábios de saudade
Não há mal nenhum
Lamber o talo
Sem espinho por quem

Chorou

Sobre a autora...

Formada em Jornalismo, Relações Públicas e Publicidade (Casper Líbero/PUCC) e em Pedagogia. Professora universitária em Comunicação Social. Trabalhou no jornal Diário do Povo de Campinas. Foi jornalista responsável pelo house-organ da Cia. Leco de Produtos Alimentícios. Durante quase dez anos exerceu o cargo de Assessora de Imprensa e Relações Públicas (concursada) do Instituto Agronômico de Campinas e depois na Secretaria da Agricultura do Estado de São Paulo. Trabalhou como “free” na Editora Abril e Revista Claudia. Teve Galeria de Arte por mais de 10 anos. Ganhadora do Maior Prêmio pelo trabalho jornalístico sobre “Duque de Caxias e Integração Nacional” do Exército Brasileiro, em 1972. Recebeu entre outros, o Prêmio “Raimundo Corrêa”, novos Poetas Brasileiros, com a Poesia “Receita”, do Rio de Janeiro, RJ, e o Prêmio Brasiliense com a Poesia “Até Onde”. Vencedora do I Prêmio Literário de Poesia da Canon do Brasil em 2008, com “Eu Preciso Dizer a Deus” na 20 a. Bienal Internacional do Livro de São Paulo. Participou de inúmeras Antologias Poéticas.
Autora do livro lançado pela livraria Saraiva, em abril de 2008, Poemas 'Olhos de Folha Minha'

9 Comentario para TEXTURA ROSA FLOR, por Cíntia Thomé

13 de outubro de 2008 12:36

Excelente poema Cíntia!
Gosto muito do teu estilo.
Parabéns por mais um sucesso!
Um beijo.
Ana Wagner

13 de outubro de 2008 12:39

Ah, mas ela é fera! Cíntia Thomé está para poesia assim como o amor está para o amor;))
Mulher inteligente, linda e a melhor amiga de todas as horas.
No lume dela minha poesia cresce. ela me ensina e inspira.
Parabéns pela homenagem, Roberto.
Ganhou uma leitora blogueira;))

Cíntia Thomé
13 de outubro de 2008 12:57

Lindo Poema escolhido do Livro Olhos de Folha Minha ....Agradeço a sua gentil colaboração em me divulgar . Estou emocionada, pois este foi o último poema que fiz para o Livros. Obrigadooooo.

13 de outubro de 2008 13:00

Parabéns, Cintia, seu poema é maravilhoso e comovente...muito comovente!!!!
Belo espaço!!!
Bela Cintia!!!!!
Bela Imagem.....

beijos
da sua amiga
Marilis

13 de outubro de 2008 13:43

Poema maravilhoso!!!!
Mil beijos !!!!

13 de outubro de 2008 13:44

Nós é que agradecemos vc Cíntia. Uma grande colaboradora e excelente poetisa!

13 de outubro de 2008 14:14

Cíntia,

Pisco um olho, leio um verso teu
Outro olho eu pisco, outro verso
teu eu leio. É no livro, no éter
Só ainda não li um verso teu nas
areias, mas penso inda ei de ler

13 de outubro de 2008 15:52

GOSTEI DO POEMA, E, PRINCIPALMENTE DAS FRASE ABAIXO, SEXY!


Beba do seio a essência
Não há mal nenhum
Lamber o talo..

13 de outubro de 2008 16:22

boa observação leo!

Materias

Comentarios

Sponsors