Posted by Roberto A Categories: Marcadores:

OCT, uma classe artística organizada a caminho pleno do crescimento...


O penúltimo debate realizado na noite de ontem pelo programa Resumo do Dia, na TV Rondon, sob apresentação e mediação do deputado e apresentador Roberto França, foi marcado pelo acirramento entre os candidatos Wilson Santos (PSDB) e Mauro Mendes (PR). Com a proximidade do dia do pleito, ambos protagonizaram um cenário marcado por ataques mútuos, sendo necessária a utilização de tempo para o direito de resposta para os dois postulantes. Amanhã, a TV Centro América realiza o último confronto entre o tucano e o republicano.

A linha de apresentação de propostas ficou para o segundo plano das discussões. Entre as principais “armas” contra Mendes, Wilson utilizou a distribuição de panfletos apócrifos, aos incentivos fiscais que beneficiam empresas do candidato republicano e ainda o apoio do PRRB que o PR teria supostamente comprado por R$ 400 mil, conforme denunciou a edição desta semana da revista Época.

Já Mauro tentou reduzir as chances de expressão do prefeito com pontuação de temas como o depósito feito na conta da ex-servidora Silvia Losado, as cerca de 20 ações por improbidade administrativa a que responde o vice-candidato na chapa do PSDB, Chico Galindo (PTB), e ainda o dinheiro encontrado num carro do irmão da secretária municipal de Assistência Social e Desenvolvido Humano, Celcita Pinheiro, Air Bomdespacho e Silva.

Crítico ferrenho da administração tucana, o adversário demonstrou a intensidade da estratégia de campanha que visa tentar desarticular o projeto tucano. O empresário desferiu duras críticas ao setor da saúde e educação. Contudo, as principais manifestações dos candidatos foram conferidas ao final das discussões, quando os dois candidatos trocaram “farpas” divididas entre várias acusações.

Depois de trocarem lembranças sobre episódios mais antigos, como o casal de idosos envolvido em acidente com Mendes, os candidatos trouxeram à tona temas polêmicos mais recentes. Wilson acusou o republicano de distribuição de panfletos apócrifos contra sua campanha. O prefeito também acusou o adversário de copiar seu programa de governo, apresentado durante as eleições de 2004.


ÍNTEGRA:
http://www.diariodecuiaba.com.br/detalhe.php?cod=330679

1 Comentario para DIÁRIO DE CUIABÁ: Debate foi o mais acirrado da campanha

SagOui
22 de outubro de 2008 11:22

E da cultura, não falou nada ?????

Materias

Comentarios

Sponsors