Posted by cavalodetroia.blogspot.com Categories: Marcadores:
Neste último sábado, na Casa Cuiabana, a OCT celebrou mais um momento importante de sua história: a realização do “Presente de Grego 2”. Como já havia comentado por aqui, tal evento, além de apresentar um formato exemplar em termos de organização, é um marco simbólico para OCT (às vésperas do seu aniversário de um ano!), pois para nossa cooperativa, aponta novas perspectivas.


O público, neste último sábado, também fez sua parte!

Por que exemplar em termos de organização? A começar pela quantidade de bandas escaladas para o evento: cinco. Por que? Em Cuiabá, o que vemos são eventos com cerca de dez bandas escaladas. Na maioria dos casos, metade das bandas são prejudicadas com o horário: ou muito cedo, ou muito tarde. É quase regra: nenhuma destas recebem cachê ou qualquer ajuda de custo, porém, cada uma, leva uma certa quantidade de público. Se não organizam o evento, se não recebem cachê ou ajuda de custo, a quem interessa então um evento com muitas bandas escaladas? Às bandas que não são...E no fim das contas, o público que vai em um evento destes, sai sem nem saber o nome de mais de duas bandas. As bandas então se tornam “peças” descartáveis neste jogo “empresarial”, que apesar da prática explicitamente mercadológica, o discurso que convence que o “joio é o trigo” é aquele “velho fantasma sessentista independente...

O Presente de Grego ainda é resultado de um trabalho conjunto, pois todos entendemos que juntos, temos muito mais poder de mobilização, forças inclusive para criar outro meio em que possamos protagonizar, em que possamos dar as cartas, um meio que não exista sequer um “general”.

Neste sentido, o “Presente de Grego” é um evento de extrema relevância, tanto para a OCT, como para àqueles que acreditam que outros “meios” possam ser criados.

O evento, propriamente dizendo, foi muito positivo e superou nossas expectativas! Inicialmente, aconteceria no sábado passado (20/9). Divulgamos por um mês a data, entretanto, justamente no dia, caiu um atípico temporal e tivemos que adiar o evento. Entrou segunda-feira (22/09) e partimos para negociação com a Secretária Estadual de Cultura, para uma nova data na Casa Cuiabana. Somente na quarta-feira nos deram a resposta oficial. Daí em diante, re-iniciamos a divulgação do evento, que se deu sobretudo, em apenas três dias até o evento, pela internet e venda de ingressos antecipados. Já nesta etapa, a recepção da ‘cena’ underground cuiabana foi imediata. Por exemplo, na sexta criamos uma “lista amiga” e no sábado já tinha cerca de 20 nomes garantidos para o evento. No período geral de divulgação do “Presente”, vendemos mais de 50 ingressos antecipados, sem contar que foram distribuídos uns 50 ingressos para as bandas que se apresentaram, que ficaria a cargo delas, venderem ou doarem como cortesia.


Presente de Grego foi uma celebração!

O Presente estava previsto para 22h, porém, como é de praxe da cena cuiabana, o público só começou a chegar uma hora depois do combinado, que foi quando iniciou a primeira banda:Hunreall. Por lá já haviam cerca de 50 a 60 pessoas, e ao contrário de semana passada, estava muito calor! A banda foi convidada já em cima da hora, pois Angústia teve que desmarcar seu show por problemas internos. Bem, o show foi curto, mas deu para perceber que a banda é extremamente ensaiada, tem ótimas composições e um baixista bem talentoso – Oswaldo Tancredo (um dos editores do site Meu Palco). A apresentação foi ovacionada do início ao fim e podemos dizer, perfeita em sua execução.

Depois de meia hora quem assumiu o comando do palco foi Paradise Horror Show, banda que recém ingressou na OCT. Segundo os integrantes, o show foi a segunda apresentação da banda desde que surgiu. Infelizmente não pude acompanhar o show inteiro, mas pelos momentos que parei e vi o som, ainda está se achando, aliás, como todas as bandas que estão começando (como a minha, por exemplo, quando surgimos), mas já tem uma característica muito bem definida: punk rock, o que lhes permite serem interpretados em “termos políticos. Isso sem contar, que os integrantes do PHS são pessoas muito “responsáveis”, “propositivas” e “lúcidas” – entraram na OCT a menos de um mês e já apresentaram diversas propostas de ações, além de ter sido a banda da OCT que mais vendeu ingressos para o “Presente de Grego 2”, que levou desde filósofos a cowboys ao evento! Do jeito que são empenhados, com certeza, PHS, tem muito futuro pela frente!

Logo depois do PHS, quem assumiu o comando foi “Antiguidade Moderna”. Nesta altura do evento, por lá já estavam cerca de 100 pessoas, além do “Programa Diversidade” da SBT, entrevistando membros da OCT, público e bandas. Antiguidade Moderna mandou muito bem na apresentação, e durante o show, ouvi vários comentários positivos das músicas autorais da banda, com destaque a “Escrava rainha” e “Vida pródiga”. A banda demonstrou-se bem ensaiada, e a cada dia que passa, conquista mais e mais público, pois por lá ouvíamos até fãs da banda pedindo a execução de uma música ou outra. Destaco, dentre várias peculiaridades como principal característica da banda, o vocal grave, introspectivo e retrô, de Eduardo Lamark. Em suma, foi um ótimo show!

Depois de 10 minutos, quem entrou na arena foi Pé-Rachado e os Porra Lokas, que era uma das mais aguardadas da noite. Digo isso por que várias pessoas que estavam presentes, foram somente para conferirem os garotos, que têm despertado uma grande atenção na cena cuiabana. Pois bem, do início ao fim, o que notávamos era a grande interação da banda com o público, que estava às gargalhadas com as loucuras de Marcelo, que no começo do show entrou com um vestido branco e uma peruca preta, e depois ficou só com uma cueca, com um grande pênis de pano pendurado! A empolgação foi tanta, que até um hippie que estava por lá invadiu a arena, e Marcelo começou a dançar com ele! Fazendo uma análise geral da banda: bateria: destruidora; guitarras: bem definidas e entrosadas; baixo: bem definido e em grande sintonia com a bateria; Vocal: forte, performático e carismático; Composições: criativas, originais e bem diversificadas nos seus temas. Conclusão: tem tudo para ser uma das melhores bandas cuiabanas! Parabéns moçada, a cada dia vocês estão melhores!

E a finalização noite, bem calorenta, porém muito alegre, ficou por conta do “Heróis de Brinquedo”, banda convidada da OCT. Já fazia um bom tempo que não via o show da banda, mas fiquei bem surpreso com a evolução da mesma. O repertório executado, variou de músicas autorais a músicas covers, como “tempo perdido” do Legião Urbana. Foi um show redondo, com pedidos do público, já no final, que continuassem. Parabéns gurizada!


No relógio já marcava quase 03h, quando decidimos encerrar o evento! Agora, só no início do ano que vem que Cuiabá receberá mais um “Presente de Grego”, pois a proposta do evento é que seja semestral. Até lá, a OCT está planejando muitas ações. Aguardem!

* Texto de Bruno P. Rodrigues/Assessoria de Comunicação da OCT, historiador e vocalista do Tiasques.

14 Comentario para "MAIS UM PRESENTE DE GREGO PARA CUIABÁ" POR BRUNO P. RODRIGUÊS.

Bruno P.
29 de setembro de 2008 22:40

Presente de Grego foi foda de mais!
E que venham os próximos!

29 de setembro de 2008 22:44

po o Bruno falow tudo, foi foda de mais , até as bavarias tava valendo...

nuussaa e sem falar q o hippie
foi a participação especial néh...

parabens a todos ,e é isso
q venha os poximos, e sempre melhor!!!

30 de setembro de 2008 01:29

Agradecemos a oportunidade, e esperamos participar mais vezes dos eventos OCT , galera mto bacana mesmo!!
Guiga Rodrigues Hunreall

30 de setembro de 2008 03:32

foi foda mesmo

30 de setembro de 2008 08:30

só falta as angústia apresentar suas justificativas por não ter se apresentado!

Bruno Pleyades
30 de setembro de 2008 09:35

Buiu ia fazer uma prova do Domingo. Se fosse dia 20 teria se apresentado tranquilamento. Quem desmarcou primeiro, por forças maiores (chuva), foi a OCT.

Abraços

30 de setembro de 2008 09:43

Bruno, o advogado OCT.

abraços!

Bruno Pleyades
30 de setembro de 2008 11:56

Roberto, o juiz.rs

30 de setembro de 2008 12:41

Po, juiz nao bru,,
desembargador OCT,,

30 de setembro de 2008 12:59

Roberto,o fresco OCT.

30 de setembro de 2008 14:36

eu gostei de ter participado,a oct esta de parabens,o som estava massa
as bandas que participaram muito legal gostei da bagunca dos porras-locas foi engracados e eu tambem concordo com vcs e uma fricurice!!!!!!!!!!!!!!!!!!!!! valeu!!!!!!!!!!!!!!!!!

30 de setembro de 2008 14:37

kkkkk


pior que essa foi massa jr!!!!!!

1 de outubro de 2008 07:18

'tambem concordo com vcs e uma fricurice'


???

procurei até no dicionário, mas a palavra fricurice deve pertencer a alguma antiga civilização ou algo parecido.

continuam detonando com nossa língua...

Vivi
1 de outubro de 2008 20:02

Parabéns galera da OCT! O evento foi 10! O Presente 3 já tem data marcada? Bem que podia rolar uma vez por mês! O que acham?

Materias

Comentarios

Sponsors