Posted by Roberto A Categories: Marcadores: ,

As influências estão todas lá. No entanto, o Cachorro Doido sabe muito bem se aproveitar delas para dar sentido a composições totalmente novas. Mesmo que seja impossível ouvi-las e não se transportar para a era clássica do rock´n roll.

Experiência, técnica, pegada, grooves inusitados e feeling incontestável transitam junto à, digamos assim, saudosismo e apego às referências, tudo isso, mais uma vez, aliado a uma identidade visceral.

Sim, dessas de se jogar no poço ou suar horas a fio, enquanto o som inquieta os ânimos. Sorte de quem ouve.


O grupo destinado a reavivar também as referências básicas de quem se aventura pelo espírito selvagem da história da música, se entrega antes de mais nada, à comunhão do palco de cada dia. A platéia, por inércia, se alimenta do rock versátil que vez ou outra se mistura a quaisquer outros ritmos étnicos, ou ao santo blues com pitadas do mais puro sincretismo do fusion. O envolvimento chega mesmo a ser comparado a uma religião do rock.. Assim seja, amém!

Danilo Bareiro nas guitarras, Samuel Smith (sim, o guardião do groove) no baixo, o “senhor” pegada com fúria, Alexandre Facchinni na batera e Samir Jr , front man com doutorado em fazer o espectador se emocionar, se uniram há pouco, mas a produtividade, é sem precedentes.

Enquanto Back Home Blues faz o ouvinte se agitar, Mars Behind a Bush assume a nuance progressiva. Desperta atenção. Anything Good é resultante de uma combinação de influências musicais pessoais, enquanto Palestine dá a prova de que uma composição com temática pra lá de política, pode fazer viajar para lá de um refrão com referências da musicalidade do Oriente Médio.

O start da banda foi satisfazer o público, que assim como eles, estava sedento pela música de vanguarda que ainda hoje dita as regras do rock contemporâneo. Eles se dedicaram não só a resgatar o vigor dos grandes intérpretes do ritmo – especialmente dos expoentes que figuraram na década de 70 até a atualidade - mas também apostaram na habilidade de transportar sua platéia para um estado de ânimo sem comparações.



Quer tirar a prova? Comece com um giro virtual: acesse www.bandacachorrodoido.palcomp3.com.br ou www.mp3.com/cachorrodoido. Neste último, referência do gênero em todo o mundo, dê uma sacada na soma de downloads. Para gente é só!


Contatos para Shows: Adriany Azevedo (65) 8409-8117, Danilo Bareiro (65) 8406-2306

1 Comentario para CACHORRO DOIDO: ALÉM DAS INFLUÊNCIAS

8 de julho de 2008 12:54

OWW..GURIZADA TO DANDO 1 IDEIA DE LOCO AE, PQ VCES NAO FAZEM 1 FESTIVAL COM AS BANDAS DE CBA/VG E TODO MT QUE NAO SE VENDERAM PARA O PANELANGO?? É O INICIO DE 1 IDEIA BEM LEGAL. E AE DEIXA E VOVO MAFALDA, BEIÇO DE BOIA COM SEU VOLUMINHO LA DANDO CALOTE-CARD NOS EMOS...

Materias

Comentarios

Sponsors