Posted by Roberto A Categories: Marcadores:

Olá a todos os frequentadores do blog OCT. Iniciamos oficialmente nossa jornada cultural esta semana e com muito gás. Várias bandas mostrando um ótimo trabalho, profissional e coerente, e acima de tudo, com amor ao que faz. Agora que fazemos nossas reflexões pós evento caimos numa pergunta de tão óbvia resposta mas de tão confusa prática: Os eventos realizados em espaços públicos com verbas governamentais e sem cobrança de aluguel ou despesas maiores devem ser cobrados?
Realizamos o lançamento em parceria com o Instituto Mandala que é coordenador do Espaço Cultural Silva Freire sem nenhum tipo de subsídio governamental além do espaço, e mesmo assim o evento foi muito bem recepcionado pelo público. É claro que também precisamos de verba para nos manter como organização, mas é justo cobrar entrada em um espaço cedido em prol da cultura e que não acarretará gastos maiores além de força bruta para limpeza e serviços cedidos em troca?



A solução da Operação Cavalo de Tróia para resolver este problema foi viabilizar um bar no evento para que o público presente sinta realmente que o seu dinheiro está tendo um retorno justo. E para um conhecimento cristalino de nossas finanças, em breve estaremos prestando contas com a sociedade cultural cuiabana. É a OCT mostrando para que veio!

Texto: Mr. Barney, Equipe OCT

1 Comentario para Olhar Crítico: Eventos em espaços públicos devem ser cobrados?

31 de março de 2008 16:39
Este comentário foi removido pelo autor.

Materias

Comentarios

Sponsors